sexta-feira, 15 de agosto de 2014

09 - SETEMBRO 2014 - LEITURA BÍBLICA DIÁRIA EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL - (SEPTEMBER 2014 - DAILY BIBLE READING IN PORTUGUESE, ENGLISH AND SPANISH) - (Parte 1 de 7)

Psalm 119:111 photo Psalm119-111.jpg
2014 september calendar image A4 size




BÍBLIA EM 38 IDIOMAS COM ÁUDIO

Estudos Bíblicos 

&

Leitura Bíblica Diária 
de 1º a 13 de setembro
Ezequiel, Caps. 17 - 48
EM INGLÊS, ESPANHOL E PORTUGUÊS

United Kingdom 



reading the bible photo: The Bible with God'sLight from Above bible_light_above_hb.gif


Psalm 119
 111 Thy testimonies have I taken 
as an heritage for ever: 
for they are the rejoicing of my heart. 
112 I have inclined mine heart 
to perform thy statutes alway, even unto the end. 





Spain






reading the bible photo: The Bible with God'sLight from Above bible_light_above_hb.gif


Salmo 119
 111 Por heredad he tomado 
tus testimonios para siempre; 
Porque son el gozo de mi corazón.
112 Mi corazón incliné á poner por obra 
tus estatutos de continuo, hasta el fin.





Portugal





reading the bible photo: The Bible with God'sLight from Above bible_light_above_hb.gif


Salmo 119
111 Os teus testemunhos tenho eu tomado 
por herança para sempre, 
pois são o gozo do meu coração.
112 Inclinei o meu coração a guardar 
os teus estatutos, para sempre, até ao fim. 











CALENDÁRIO REFERENTE LEITURA BÍBLICA DIÁRIA
em Inglês, Espanhol e Português

(DAILY BIBLE READING SCHEDULE)
in English, Spanish and Portuguese

WordProject







United Kingdom


  
SEPTEMBER

Old Testament 




DAY

BOOK

CHAPTER

Ezekiel
17 18 19
2
Ezekiel
20 21
3
Ezekiel
22 23
4
Ezekiel
24 25 26
5
Ezekiel
27 28
6
Ezekiel
29 30 31
7
Ezekiel
32 33
8
Ezekiel
34 35 36
9
Ezekiel
37 38
10
Ezekiel
39 40
11
Ezekiel
41 42 43
12
Ezekiel
44 45
13
Ezekiel
46 47 48
14
Daniel
1 2
15
Daniel
3 4
16
Daniel
5 6
17
Daniel
7 8
18
Daniel
9 10
19
Daniel
11 12
20
Hosea
1 2 3 4 5 6 7
21
Hosea
8 9 10 11 12 13 14
22
Joel
1 2 3
23
Amos
1 2 3 4 5
24
Amos 
Obadiah
Amos 6 7 8 9

25
Jonah 
Micah
Jonah  1 2 3 4
Micah  1 2
26
Micah
3 4 5 6 7
27
Nahum
Habakkuk
Nahum  1 2 3
Habakkuk  1 2 3
28
Zephaniah
Haggai
Zephaniah  1 2 3
Haggai  1 2
29
Zechariah
1 2 3 4 5 6
30
Zechariah
7 8 9 10
                 


  

Spain


SEPTIEMBRE

El Antiguo Testamento


   

DIA

LIBRO

CAPÍTULO

Ezequiel
17 18 19
2
Ezequiel
20 21
3
Ezequiel
22 23
4
Ezequiel
24 25 26
5
Ezequiel
27 28
6
Ezequiel
29 30 31
7
Ezequiel
32 33
8
Ezequiel
34 35 36
9
Ezequiel
37 38
10
Ezequiel
39 40
11
Ezequiel
41 42 43
12
Ezequiel
44 45
13
Ezequiel
46 47 48
14
Daniel
1 2
15
Daniel
3 4
16
Daniel
5 6
17
Daniel
7 8
18
Daniel
9 10
19
Daniel
11 12
20
Oseas
1 2 3 4 5 6 7
21
Oseas
8 9 10 11 12 13 14
22
Joel
1 2 3
23
Amós
1 2 3 4 5
24
Amós
Abdias
Amós 6 7 8 9
25
Jonás
Miqueas
Jonás  1 2 3 4
Miqueas 1 2
26
Miqueas
3 4 5 6 7
27
Nahum
Habacuc
Nahum  1 2 3
Habacuc  1 2 3
28
Sofonías
Hageo
Sofonías  1 2 3
Hageo 1 2
29
Zacarías
1 2 3 4 5 6
30
Zacarías
7 8 9 10

  



Portugal


SETEMBRO

Velho Testamento




DIA

LIVRO

CAPÍTULO

Ezequiel
17 18 19
2
Ezequiel
20 21
3
Ezequiel
22 23
4
Ezequiel
24 25 26
5
Ezequiel
27 28
6
Ezequiel
29 30 31
7
Ezequiel
32 33
8
Ezequiel
34 35 36
9
Ezequiel
37 38
10
Ezequiel
39 40
11
Ezequiel
41 42 43
12
Ezequiel
44 45
13
Ezequiel
46 47 48
14
Daniel
1 2
15
Daniel
3 4
16
Daniel
5 6
17
Daniel
7 8
18
Daniel
9 10
19
Daniel
11 12
20
Oséias
1 2 3 4 5 6 7
21
Oséias
8 9 10 11 12 13 14
22
Joel
1 2 3
23
Amós
1 2 3 4 5
24
Amós
Obadias
Amós 6 7 8 9

25
Jonas
Miquéias
Jonas  1 2 3 4
Miquéias  1 2
26
Miquéias
3 4 5 6 7
27
Naum
Habacuque
Naum 1 2 3
Habacuque  1 2 3
28
Sofonias
Ageu
Sofonias  1 2 3
Ageu  1 2
29
Zacarías
1 2 3 4 5 6
30
Zacarías
7 8 9 10





ESTUDO BÍBLICO 
PRINCIPAIS EVENTOS BÍBLICOS DO VELHO TESTAMENTO

Autor: Pr Forrest Keener





[intro] INTRODUÇÃO E ÍNDICE
[01] LIÇÃO 1 - A CRIAÇÃO DO CÉU E DA TERRA
[02] LIÇÃO 2 - A CRIAÇÃO DA LUZ E A DIVISÃO DAS ÁGUAS
[03] LIÇÃO 3 - A CRIAÇÃO DO SOLO, MARES, VIDA VEGETAL E CORPOS CELESTES
[04] LIÇÃO 4 - A CRIAÇÃO DA VIDA ANIMADA
[05] LIÇÃO 5 - A CRIAÇÃO DO HOMEM
[06] LIÇÃO 6 - O SEIS DIAS E O SÉTIMO
[07] LIÇÃO 7 - A QUEDA DO HOMEM
[08] LIÇÃO 8 - A MALDIÇÃO SOBRE O HOMEM E SEU DOMÍNIO
[09] LIÇÃO 9 - O Primeiro Derramamento de Sangue
[10] LIÇÃO 10 - Nascimento e Depravação Humana
[11] LIÇÃO 11 - O Progresso Econômico do Homem
[12] LIÇÃO 12 - A Descendência Espiritual Preservada
[13] LIÇÃO 13 - A Espécia Humana Sentenciada a Destruição
[14] LIÇÃO 14 - A Construção e o Encher da Arca
[15] LIÇÃO 15 - O Dilúvio e o Mundo
[16] LIÇÃO 16 - O Dilúvio e Noé
[17] LIÇÃO 17 - A Humanidade Depois do Dilúvio
[18] LIÇÃO 18 - A Divisão das Raças
[19] LIÇÃO 19 - A Torre de Babel
[20] LIÇÃO 20 - Deus Escolhe Abraão
[21] LIÇÃO 21 - A Separação de Abrão de Seus Parentes
[22] LIÇÃO 22 - O Nascimento de Ismael
[23] LIÇÃO 23 - O Nascimento de Isaque
[24] LIÇÃO 24 - A Destruição de Sodoma e Gomorra
[25] LIÇÃO 25 - Uma Noiva Para Isaque
[26] LIÇÃO 26 - Meninos Gêmeos - Duas Nações
[27] LIÇÃO 27 - O Nascimento da Nação de Israel
[28] LIÇÃO 28 - Israel Entra em Escravidão
[29] LIÇÃO 29 - A Nação de Israel em Egito
[30] LIÇÃO 30 - A Páscoa
[31] LIÇÃO 31 - O Êxodo
[32] LIÇÃO 32 - Israel no Mar Vermelho
[33] LIÇÃO 33 - Israel no Deserto - Parte 1
[34] LIÇÃO 34 - Israel Recebe a Lei de Deus
[35] LIÇÃO 35 - Israel no Deserto - Parte 2
[36] LIÇÃO 36 - Israel em Cades-Barnéia
[37] LIÇÃO 37 - Israel Perde Moisés
[38] LIÇÃO 38 - Israel Recebe Josué
[39] LIÇÃO 39 - Israel Atravessa o Jordão
[40] LIÇÃO 40 - Israel Tomando Posse da Região
[41] LIÇÃO 41 - A Rebeldia Perpétua de Israel
[42] LIÇÃO 42 - Israel Sob os Juízes
[43] LIÇÃO 43 - Israel Recebe um Rei
[44] LIÇÃO 44 - Israel Sob o Rei Davi
[45] LIÇÃO 45 - Israel Sob o Rei Salomão
[46] LIÇÃO 46 - A Divisão da Nação de Israel
[47] LIÇÃO 47 - Israel Entra em Escravidão
[48] LIÇÃO 48 - Judá Entra em Escravidão
[49] LIÇÃO 49 - Judá em Escravidão
[50] LIÇÃO 50 - O Retorno de Judá Para a Terra
[51] LIÇÃO 51 - A Reconstrução do Templo
[52] LIÇÃO 52 - A Reconstrução das Muralhas
[53] LIÇÃO 53 - Conclusão para os Eventos do Velho Testamento
[54] LIÇÃO 54 - Cronologia do Velho Testamento
[55] LIÇÃO 55 - Ordem Cronologica dos Eventos Básicos do Velho Testamento




Observações: Os Autores assumem as responsabilidades do conteúdo dos seus estudos.



(*) FONTE: 
Palavra Prudente
BrazilUnited States of America
  






ESTUDO BÍBLICO 
Estudos Resumidos nos Livros Proféticos

Autor: Pr. David Alfred Zuhars Jr.





ÍNDICE

LIVROS PROFÉTICOS


[01] ESTUDOS RESUMIDOS NOS LIVROS PROFÉTICOS




"Observações: Os Autores assumem as responsabilidades do conteúdo dos seus estudos.

Se tiver um assunto sobre o qual gostaria de ter um estudo, talvez já tenhamos. Entre em contato conosco."




Palavra Prudente
BrazilUnited States of America
  









EZEQUIEL
Caps. 17 - 48





English - [KJV]


17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
39 40 41 4243 44 45 46 47 48





Español - [RV 1909]

17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27
 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
 39 40 41 4243 44 45 46 47 48






Português - [JFA]




17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27
 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
 39 40 41 4243 44 45 46 47 48







introduction photo: SECNOD SECOND.gif
(Introdução)








Divided Kingdom 
Israel & Judah
Reino Dividido - Israel e Judá


Prophets in the Reigns of Kings of Judah and Israel
(Profetas nos Reinados dos Reis de Judá e Israel)



Quando Ezequiel profetizou ?

Kings of ...
(Reis de...)
Start
of reign
(Início do Reinado
Years
since
Solomon
(Anos desde Salomão)
Length
of reign
(years)
Duração
do Reinado
(anos)
Prophets to ...
(Profetas para...)
Judah
(Judá)
IsraelJudah
(Judá)
Israel
1. Rehoboam931 BC017
1. Jeroboam931 BC022(Ahijah)
2. Abijah913 BC183
3. Asa911 BC2041
2. Nadab910 BC212
3. Baasha909 BC2224(Jehu)
4. Elah886 BC452
5. Zimri885 BC467 days
6. Omri885 BC4612
7. Ahab874 BC5722(Elijah)
4. Jehoshaphat870 BC6125(Micaiah)
8. Ahaziah853 BC782(Elisha)
9. Joram852 BC7912
5. Jehoram848 BC838
6. Ahaziah841 BC901
10. Jehu841 BC9028
7. Queen Athaliah841 BC906
8. Joash835 BC9640Joel (guesswork)
11. Jehoahaz814 BC11717
12. Jehoash798 BC13316
9. Amaziah796 BC13529Jonah (to Nineveh) (approx)
13. Jeroboam II782 BC14941Amos,
Hosea (until Hezekiah)
10. Uzziah (Azariah)

767 BC16452Isaiah (until Hezekiah)

14. Zechariah753 BC1786 months
15. Shallum752 BC1791 month
16. Menahem752 BC17910
17. Pekahiah742 BC1892
18. Pekah740 BC19120
11. Jotham

740 BC19116Micah (until Hezekiah)
12. Ahaz

732 BC19916
19. Hoshea732 BC1999
13. Hezekiah

716 BC21529
14. Manasseh687 BC24455
15. Amon642 BC2892Nahum (to Nineveh) (approx)
16. Josiah

640 BC29131Zephaniah,
Jeremiah (into exile)

17. Jehoahaz
(Jeoacaz)
609 BC3223 months
18. Jehoiakim
(Jeoaquim, ou Eliaquim)

609 BC32211Habakkuk (approx)
19. Jehoiachin
(Joaquim, ou Jeconias)
597 BC3343 months
20. Zedekiah
(Zedequias)
597 BC33411
592 BC339Ezekiel,
(Ezequiel)
Daniel
587 BC (maybe)335Obadiah (to Edom)
520 BC411Haggai, Zechariah
(Esther)478 BC453
(Ezra)458 BC473
(Nehemiah)445 BC486
433 BC498Malachi

Nota: BC = a.C






O IMPÉRIO BABILÔNICO




1. O REINADO DE JEOAQUIM (ou, Eliaquim)
18º Rei de Judá  
(2 Reis 23:36-24:7; 2 Crônicas 36:5-8)






O REINADO DE JEOAQUIM


2 Reis 23:36 Tinha Jeoaquim a idade de vinte e cinco anos quando começou a reinar, e reinou onze anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava Zebida, e era filha de Pedaías, de Ruma. 37 Fez ele o que era mau perante o SENHOR, segundo tudo quanto fizeram seus pais. [BVN]

2 Reis 24:1 Nos dias de Jeoaquim, subiu Nabucodonosor, rei de Babilônia, contra ele, e ele, por três anos, ficou seu servo; então se rebelou contra ele. 
2 Enviou o SENHOR contra Jeoaquim bandos de caldeus, e bandos de siros, e de moabitas e dos filhos de Amom; enviou-os contra Judá para o destruir, segundo a palavra que o SENHOR falara pelos profetas, seus servos. [BVN]
  






2. O REINADO DE JOAQUIM (ou, Jeconias)
19º Rei de Judá  
(2 Reis 24:8,9; 2 Crônicas 36:9)






O REINADO DE JOAQUIM
(penúltiro rei de Judá)


Cerco de Jerusalém 





O Cerco de Jerusalém por Nabucodonosor
Joaquim é levado cativo para Babilônia

2 Reis 24
8 Tinha Joaquim dezoito anos de idade 
quando começou a reinar, 
e reinou três meses em Jerusalém. 
Sua mãe se chamava Neusta, 
e era filha de Elnatã, de Jerusalém. 
9 Fez ele o que era mau perante o SENHOR, 
conforme tudo quanto fizera seu pai. 
10 Naquele tempo subiram os servos de Nabucodonosor, 
rei de Babilônia, a Jerusalém, e a cidade foi cercada. 
11 Nabucodonosor, rei de Babilônia, veio à cidade, 
quando os seus servos a sitiavam. 
12 Então subiu Joaquim, rei de Judá, 
a encontrar-se com o rei de Babilônia, 
ele, sua mãe, seus servos, seus príncipes, e seus oficiais; 
e o rei de Babilônia, no oitavo ano do seu reinado, 
o levou cativo. 
[BVN]


Quando, então, Ezequiel profetizou?


Ezequiel 1
2 No quinto dia do referido mês, 
no quinto ano de cativeiro do rei Joaquim. 
[BVN]


Portanto, Ezequiel profetizou 
no quinto ano de Cativeiro do Rei Joaquim, 
penúltimo rei de Judá

  


O Rei Joaquim, como vimos acima, reinou em 597 a.C.  Ele "governou apenas três meses e dez dias. Durante este curto período Nabucodonosor, rei de Babilônia, mandou os seus generais sitiar Jerusalém, que se rendeu no oitavo ano do reinado de Nabucodonosor, cf. 2 Rs 24:12; Jr 52:28. O rei Joaquim, suas mulheres, sua mãe e os criados do palácio, os príncipes e os eunucos, os valentes do exército e todos os artífices e lapidários, foram levados cativos para Babilônia, 2 Rs 24:8-16; 2 Cr 36:9,10. Esteve na prisão por muito tempo, mas, trinta e sete anos depois de seu exílio, 562 a.C., Evilmerodaque subiu ao trono de Babilônia, libertou-o da prisão e assinou-lhe alimentos perpétuos, que diariamente lhe dava o rei, durante a sua vida, 2 Rs 25:27-30; Jeremias 52:31-34.(cf o Dicionário da Bíblia John D. Davis).




Resumindo...


1º) O FUNDO HISTÓRICO DO LIVRO DE EZEQUIEL 


Vimos que o fundo histórico do LIVRO DE EZEQUIELencontra-se nos Livros de II Reis e II Crônicas


2º) QUANDO EZEQUIEL INICIOU O SEU MINISTÉRIO PROFÉTICO 


Admite-se que Ezequiel tenha iniciado seu ministério no ano de 592 ou 593 a.C, antes, portanto, da destruição de Templo de Jerusalém


Ez 1:2 Quinto ano do cativeiroO livro prosseguirá com as datas locais da comunidade judaica. Joaquim foi para o cativeiro em 597 a.C., e, aquela hora, foi para Ezequiel o fim da sua nação, pois os líderes da Corte, do Templo e do comércio e indústria também foram levados ao cativeiro (2 Rs 24:10-16). Não há dificuldade em fixar a data mencionada aqui como sendo 593 a.C. (cf nota de rodapé da Bíblia Vida Nova). (grifo meu)



3º) VIDE MAIS COMENTÁRIOS SOBRE O MINISTÉRIO DE EZEQUIEL NOS TÓPICOS ABAIXO


TODAVIA, em que pesem as informações acima descritas, há nos tópicos que se seguemcomentários detalhados sobre o Rei Joaquim e principalmente, sobre o ministério do Profeta Ezequiel .







EZEQUIEL







Rio Quebar 

Christian Answers home

Kebar River (Chebar)





Ezequiel 1
1 Aconteceu no trigésimo ano, 
no quinto dia do quarto mês, que,
estando eu no meio dos exilados, 
junto ao rio Quebar
se abriram os céus, e eu tive visões de Deus.
2 No quinto dia do referido mês,
no quinto ano de cativeiro do rei Joaquim,
3 veio expressamente a palavra do SENHOR a Ezequiel,
filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus,
junto ao rio Quebar,
e ali esteve sobre ele a mão do SENHOR.
(BVN)
  











INTRODUÇÃO: Comentários


EZEQUIEL (1)

TemaEzequiel profetizou em Babilônia durante todo o período do seu ministério, o qual começou sete anos antes da destruição de Jerusalém, e que terminou cerca de quinze anos depois desse acontecimento. Como a de Isaías, a sua mensagem foi de denúncia e consolação. “O ponto central das predições de Ezequiel é a destruição de Jerusalém”. Antes deste acontecimento seu motivo principal era chamar ao arrependimento aqueles que viviam numa segurança descuidada, admoestando-os que não abrigassem a esperança de que, pela ajuda dos egípcios, sacudiriam o jugo da Babilônia (17:15-17); e assegurando-lhes que a destruição da sua cidade e templo era inevitável e se aproximava rapidamente. Depois desse acontecimento, seu cuidado principal era consolar os judeus desterrados, por meio de promessas de libertação futura e restauração na sua terra; e animá-los pela certeza de futuras bênçãos – (Angus-Green). Faremos um resumo do tema, como segue: O afastamento da glória de Deus de Israel, em vista do juízo vindouro; e a volta da Sua glória em vista da restauração futura.

 Fonte: PEARLMAN, Myer. Através da Bíblia Livro por Livro. Rio de Janeiro: EMPREVAN, 1974, p. 159-160.



EZEQUIEL (2)


Introdução: Ezequiel começou seu ministério público quando uma boa parte de Judá estava em cativeiro em Babilônia, antes da destruição da cidade de Jerusalém. Neste período todo, sua vocação era pregar arrependimento aos exilados no Cativeiro, e aos judeus que ficaram e Jerusalém, avisando que a destruição da cidade era certa se o povo não se arrependesse de sua idolatria. Depois da queda de Jerusalém, em 597 a.C., o povo de Judá reconheceu, tarde demais, que havia merecido o castigo divino. Daí o ministério de Ezequiel passou a ser outro: consolar os arrependidos e formar entre eles um grupo que, um dia, voltaria a Jerusalém para reedificá-la, segundo a vontade divina, como sede política e religiosa de um verdadeiro povo de Deus. Entre estes dois períodos nota-se uma série de profecias acerca das várias nações pagãs que existiam na época (cap. 25-32).


Ezequiel 1:1 No trigésimo ano. O livro começa com a data internacional, o trigésimo ano do Império de Babilônia, que começou com a dinastia de Nabupolassar (626-605 a.C.). Este levou apenas cinco anos para acrescentar à antiga cidade de Babel os territórios ao seu redor, forçando os Assírios a recuar para seus próprio país. Se Ezequiel está usado esta data, 621 a.C., para o início do novo império, estamos no ano de 593 a.C. v 2. Quebar. Um grande canal que irrigava a parte orienta da cidade de Babilônia. É provável que os cativos estavam sendo usados para completar a construção deste rio artificial.

 Fonte: Bíblia Vida Nova



ESBOÇO


ISRAEL, UMA CASA REBELDE, CAIRÁ, 1:1-24:27

Parábolas Condenatórias, 15:1-19:14 – (continuação)

(...)

A parábola das duas águias e da videira, 17:1-24





A Parábola das Duas Águias e da Videira


Caldéia 
(Ezequiel 17:3)



open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 17

1 And the word of the LORD came unto me, saying,
2 Son of man, put forth a riddle, and speak a parable unto the house of Israel;
3 And say, Thus saith the Lord GOD; A great eagle with great wings, longwinged, full of feathers, which had divers colours, came unto Lebanon, and took the highest branch of the cedar:
4 He cropped off the top of his young twigs, and carried it into a land of traffick; he set it in a city of merchants.
5 He took also of the seed of the land, and planted it in a fruitful field; he placed it by great waters, and set it as a willow tree.
6 And it grew, and became a spreading vine of low stature, whose branches turned toward him, and the roots thereof were under him: so it became a vine, and brought forth branches, and shot forth sprigs. 


Ezequiel 17
1 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Filho do homem, propõe uma parábola e usa de uma comparação para com a casa de Israel.
3 E dize: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Uma grande águia, de grandes asas, de farta plumagem, cheia de penas de várias cores, veio ao Líbano e levou o mais alto ramo de um cedro.
4 E arrancou a ponta mais alta dos seus ramos e a trouxe a uma terra de mercancia; na cidade de mercadores a pôs.
5 Tomou da semente da terra e a lançou num campo de semente; tomando-a, a pôs junto às grandes águas, com grande prudência.
6 E brotou e tornou-se numa videira mui larga, de pouca altura, virando-se para ela os seus ramos, porque as suas raízes estavam debaixo dela; e tornou-se numa videira, e produzia sarmentos, e lançava renovos.




Egito 
(Ezequiel 17:7)




open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 17:7 There was also another great eagle with great wings and many feathers: and, behold, this vine did bend her roots toward him, and shot forth her branches toward him, that he might water it by the furrows of her plantation. 


Ezequiel 17:7 Houve mais uma grande águia, de grandes asas, e cheia de penas; e eis que essa videira lançou para ela as suas raízes e estendeu para ela os seus ramos, desde as auréolas do seu plantio, para que a regasse. 











17:2 Parábola. No Antigo Testamento, ninguém usava mais parábolas do que o profeta Ezequiel. Em método de ensino, Ezequiel era, portanto, um precursor de Jesus Cristo. Note-se que as parábolas de Ezequiel devem ser classifica como alegorias, parábolas nas quais todas as minúcias representam algum objeto ou acontecimento real.

3 Uma grande águia. Uma nação poderosa e gloriosa. É a Caldéia.

4 A ponta mais alta. A nação mais viçosa das que habitavam o território da Palestina (simbolizada pelo seu ponto mais alto, o Líbano), era Judá. Terra de negociantes. Temos inscrições comerciais de Nipur que não somente mostram que o comércio se desenvolvera de maneira poderosa naquela época, mas que também os judeus, transportados para lá, se desenvolveram de maneira idêntica.

5 Tomou muda. O propósito do rei Nabucodonosor, da Caldéia (ou seja, Babilônia), era transferir para sua capital os melhores elementos da cultura dos judeus, para tornar o seu império mais glorioso ainda (Dn 1:3-7). Um segundo propósito era privar Jerusalém da liderança dos que podiam liderar uma rebelião (2 Rs 24:10-17). Só depois de muita rebelião dos restantes, é que Nabucodonosor procedeu ao seu terceiro propósito, de destruir totalmente a Jerusalém (2 Rs 25:8-22). As datas destas três etapas são 605 a.C., 597 a.C., e 587 a.C.

7 Outra grande águia. O Egito, que fomentava a rebelião do povo de Jerusalém contra seus conquistadores, os caldeus.





 Fonte: Bíblia Vida Nova 





A responsabilidade é pessoal, 18:1-32






Personal Responsibility
Responsabilidade Pessoal


personal responsibility photo: responsibility responsibility.jpg






open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 18
1 The word of the LORD came unto me again, saying,
2 What mean ye, that ye use this proverb concerning the land of Israel, saying, The fathers have eaten sour grapes, and the children's teeth are set on edge?
3 As I live, saith the Lord GOD, ye shall not have occasion any more to use this proverb in Israel.
4 Behold, all souls are mine; as the soul of the father, so also the soul of the son is mine: the soul that sinneth, it shall die. 

19 Yet say ye, Why? doth not the son bear the iniquity of the father? When the son hath done that which is lawful and right, and hath kept all my statutes, and hath done them, he shall surely live.
20 The soul that sinneth, it shall die. The son shall not bear the iniquity of the father, neither shall the father bear the iniquity of the son: the righteousness of the righteous shall be upon him, and the wickedness of the wicked shall be upon him. 


Ezequiel 18
1 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Que tendes vós, vós que dizeis esta parábola acerca da terra de Israel, dizendo: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram?
3 Vivo eu, diz o Senhor JEOVÁ, que nunca mais direis este provérbio em Israel.
4 Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá. 
19 Mas dizeis: Por que não levará o filho a maldade do pai? Porque o filho fez juízo e justiça, e guardou todos os meus estatutos, e os praticou, por isso, certamente viverá.
20 A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a maldade do pai, nem o pai levará a maldade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a impiedade do ímpio cairá sobre ele. 











Conversão
Mudança de direção


Arrependimento
(metanoia)

repentance photo: True Repentance 20090416.jpg

Mudança de mente




open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 18
21 But if the wicked will turn from all his sins that he hath committed, and keep all my statutes, and do that which is lawful and right, he shall surely live, he shall not die.
28 Because he considereth, and turneth away from all his transgressions that he hath committed, he shall surely live, he shall not die.
29 Yet saith the house of Israel, The way of the LORD is not equal. O house of Israel, are not my ways equal? are not your ways unequal?
31 Cast away from you all your transgressions, whereby ye have transgressed; and make you a new heart and a new spirit: for why will ye die, O house of Israel? 
32 For I have no pleasure in the death of him that dieth, saith the Lord GOD: wherefore turn yourselves, and live ye.

Ezequiel 18
21 Mas, se o ímpio se converter de todos os seus pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e fizer juízo e justiça, certamente viverá; não morrerá. 
28 Pois quem reconsidera e se converte de todas as suas transgressões que cometeu, certamente viverá, não morrerá.
29 Contudo, diz a casa de Israel: O caminho do Senhor não é direito. Não são os meus caminhos direitos, ó casa de Israel? E não são os vossos caminhos torcidos? 
31 Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes e criai em vós um coração novo e um espírito novo; pois por que razão morreríeis, ó casa de Israel?
32 Porque não tomo prazer na morte do que morre, diz o Senhor JEOVÁ; convertei-vos, pois, e vivei.





Caminho da Morte

(Salmo 36:1-4;  125:5; Provérbios 5:5,6 14:12; 

Jeremias 6:16; Ezequiel 18:25,29; Mateus 7:13...) 



Caminho da Vida
Jesus o Caminho, a Verdade e a Vida
(João 14:12; Mateus 7:14; 1 Pedro 3:18...)




Inferno ou Céu



A Responsabilidade, como vimos, é pessoal. 

Portanto, CABE a cada um de nós, 
a  ESCOLHA de UM dos CAMINHOS: 
o da VIDA ou o da MORTE  ! 

Escolha, pois, o Caminho da Vida para que viva ! 
(cf Deuteronômio 30:19; Ezequiel 18:32)
























18:2 Provérbio. O povo pecaminoso não quis reconhecer seu próprio pecado, alegando que o único motivo de seu castigo foram as iniquidades de Manassés e de outros reis que levaram a nação à idolatria (2 Rs 23:25-27). Os filhos ceifam a punição dos pais por causa de andarem nos seus maus caminhos: se quiserem se converter e ter vida renovada, não haverá mais castigo. A pior punição é ser entregue à atmosfera pecaminosa do ambiente com suas nefandas consequências (Rm 1:28-32).

18:4 Todas as almas são minhas. Cada alma humana tem de fazer a decisão individual e consciente, de aceitar ou rejeitar o plano de Deus, para a sua vida, da salvação eterna.

18:20 A alma que pecar, essa morrerá. O significado imediato desta expressão é que cada indivíduo receberá a punição do seu próprio pecado (G. 6:7-9). Aqui, “alma” quer dizer, “indivíduo”.

18:29 Tortuosos. Quem vive no pecado, é escravo do pecado ao ponto de não entender as coisas retas: somente aos de caminhos tortuosos que os planos de Deus não parecem ser retos. São aqueles com seu íntimo envenenado que não têm desejo para a religião. A iniquidade produz este veneno, v 30.

18:32 Convertei-vos e vivei. É o convite amorável de Deus, que na obra de Jesus Cristo repete com fervor redobrado (Mt 11:28-30); da parte de Deus, o preço já foi pago (Jo 3:16); de Deus vem também a fé que habilita o homem a receber a salvação pela graça divina de Jesus Cristo, e o resto Ele fará até o dia final (Hb 12:2; 1 Pe 5:10).



 Fonte: Bíblia Vida Nova 




A parábola da leoa enjaulada, 19:1-9




A Parábola da Leoa Enjaulada







open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 19

1 Moreover take thou up a lamentation for the princes of Israel,
2 And say, What is thy mother? A lioness: she lay down among lions, she nourished her whelps among young lions.
3 And she brought up one of her whelps: it became a young lion, and it learned to catch the prey; it devoured men.
4 The nations also heard of him; he was taken in their pit, and they brought him with chains unto the land of Egypt.
5 Now when she saw that she had waited, and her hope was lost, then she took another of her whelps, and made him a young lion. 


Ezequiel 19
1 E, tu, levanta uma lamentação sobre os príncipes de Israel
e dize: Quem foi tua mãe? Uma leoa entre leões deitada criou os seus filhotes no meio dos leõezinhos. 
3 E fez crescer um dos seus filhotinhos, o qual veio a ser leãozinho e aprendeu a apanhar a presa; e devorou os homens. 
4 E, ouvindo falar dele as nações, foi apanhado na sua cova, e o trouxeram com ganchos à terra do Egito. 
5 Vendo, pois, ela que havia esperado e que a sua esperança era perdida, tomou outro dos seus filhotes e fez dele um leãozinho.











19:2 Tua mãe. A tribo de Judá, cujo fundador se compara a um leãozinho em Gn 49:9. Cachorros. Os filhotes, os príncipes.

19:3 Leãozinho. A palavra significa, na realidade, um leão na plenitude do seu vigor. É Jeoacaz, que reinou em Judá no ano 609 a.C. Seu pai morreu na batalha contra o faraó Neco do Egito, quando tentou impedir os egípcios de ajudarem os assírios (2 Rs 23:39-30). Na volta dessa campanha, faraó depôs o rei Jeoacaz, levando-o prisioneiro para o Egito (2 Rs 23:31-34).


19:5 Tomou outro. O rei Joaquim, que reinou durante três meses do ano 597 a.C. Não consta que fez proezas. Os versículos 6 e 7 são descrições convencionais do que um rei e um leão devem ser.



 Fonte: Bíblia Vida Nova 



A parábola da videira arruinada, 19:10-14




A Parábola da Videira Arruinada 







open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 19

10 Thy mother is like a vine in thy blood, planted by the waters: she was fruitful and full of branches by reason of many waters.
11 And she had strong rods for the sceptres of them that bare rule, and her stature was exalted among the thick branches, and she appeared in her height with the multitude of her branches. 


Ezequiel 19
10 Tua mãe era como uma videira na tua quietação, plantada à borda das águas; ela frutificou e encheu-se de ramos, por causa das muitas águas.
11 E tinha varas fortes para cetros de dominadores e elevou-se a sua estatura entre os espessos ramos, e foi vista na sua altura com a multidão dos seus ramos. 




open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 19

12 But she was plucked up in fury, she was cast down to the ground, and the east wind dried up her fruit: her strong rods were broken and withered; the fire consumed them.
13 And now she is planted in the wilderness, in a dry and thirsty ground.
14 And fire is gone out of a rod of her branches, which hath devoured her fruit, so that she hath no strong rod to be a sceptre to rule. This is a lamentation, and shall be for a lamentation.


Ezequiel 19
12 Mas foi arrancada com furor, foi abatida até à terra, e o vento oriental secou o seu fruto; quebraram-se e secaram-se as suas fortes varas, e o fogo as consumiu.
13 E, agora, está plantada no deserto, numa terra seca e sedenta.
14 E de uma vara dos seus ramos saiu fogo que consumiu o seu fruto, de maneira que não há nela nenhuma vara forte, cetro para dominar. Esta é a lamentação e servirá de lamentação.












19:10 Tua mãe. Aqui a referência a Judá é mais clara, o símbolo da videira é inconfundível: é a conclusão do poema fúnebre.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




Terceira Série de Repreensões e Ameaças, por causa da Total Desobediência de Israel, 20:1-22:31
As abominações da casa de Israel depois do êxodo





O Êxodo
Êxodo 12 - Josué 7 

Possível Rota do Êxodo 





Abominações durante o Êxodo





open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 20

4 Wilt thou judge them, son of man, wilt thou judge them? cause them to know the abominations of their fathers:
5 And say unto them, Thus saith the Lord GOD; In the day when I chose Israel, and lifted up mine hand unto the seed of the house of Jacob, and made myself known unto them in the land of Egypt, when I lifted up mine hand unto them, saying, I am the LORD your God;
6 In the day that I lifted up mine hand unto them, to bring them forth of the land of Egypt into a land that I had espied for them, flowing with milk and honey, which is the glory of all lands:
7 Then said I unto them, Cast ye away every man the abominations of his eyes, and defile not yourselves with the idols of Egypt: I am the LORD your God.
8 But they rebelled against me, and would not hearken unto me: they did not every man cast away the abominations of their eyes, neither did they forsake the idols of Egypt: then I said, I will pour out my fury upon them, to accomplish my anger against them in the midst of the land of Egypt.
9 But I wrought for my name's sake, that it should not be polluted before the heathen, among whom they were, in whose sight I made myself known unto them, in bringing them forth out of the land of Egypt.
10 Wherefore I caused them to go forth out of the land of Egypt, and brought them into the wilderness. 


Ezequiel 20
4 Julgá-los-ias tu, ó filho do homem, julgá-los-ias? Faze-lhes saber as abominações de seus pais;
5 e dize-lhes: Assim diz o Senhor JEOVÁ: No dia em que escolhi a Israel, levantei a mão para a descendência da casa de Jacó, e me dei a conhecer a eles na terra do Egito, e levantei a mão para eles, dizendo: Eu sou o SENHOR, vosso Deus.
6 Naquele dia, levantei a mão para eles, para os tirar da terra do Egito para uma terra que tinha previsto para eles, a qual mana leite e mel e é a glória de todas as terras.
7 Então, lhes disse: Cada um lance de si as abominações dos seus olhos, e não vos contamineis com os ídolos do Egito; eu sou o SENHOR, vosso Deus.
8 Mas rebelaram-se contra mim e não me quiseram ouvir; ninguém lançava de si as abominações dos seus olhos, nem deixava os ídolos do Egito; então, eu disse que derramaria sobre eles o meu furor, para cumprir a minha ira contra eles no meio da terra do Egito.
9 O que fiz, porém, foi por amor do meu nome, para que não fosse profanado diante dos olhos das nações, no meio das quais eles estavam, a cujos olhos eu me dei a conhecer a eles, para os tirar da terra do Egito.
10 E os tirei da terra do Egito e os levei ao deserto.






Abominações depois do Êxodo


Doze Tribos de Israel
(Twelve Tribes of Israel)






open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 20

27 Therefore, son of man, speak unto the house of Israel, and say unto them, Thus saith the Lord GOD; Yet in this your fathers have blasphemed me, in that they have committed a trespass against me.
28 For when I had brought them into the land, for the which I lifted up mine hand to give it to them, then they saw every high hill, and all the thick trees, and they offered there their sacrifices, and there they presented the provocation of their offering: there also they made their sweet savour, and poured out there their drink offerings.
29 Then I said unto them, What is the high place whereunto ye go? And the name thereof is called Bamah unto this day.
30 Wherefore say unto the house of Israel, Thus saith the Lord GOD; Are ye polluted after the manner of your fathers? and commit ye whoredom after their abominations?
31 For when ye offer your gifts, when ye make your sons to pass through the fire, ye pollute yourselves with all your idols, even unto this day: and shall I be enquired of by you, O house of Israel? As I live, saith the Lord GOD, I will not be enquired of by you.
32 And that which cometh into your mind shall not be at all, that ye say, We will be as the heathen, as the families of the countries, to serve wood and stone. 


Ezequiel 20
27 Portanto, fala à casa de Israel, ó filho do homem, e dize-lhe: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Ainda nisto me blasfemaram vossos pais, e transgrediram contra mim.
28 Porque, havendo-os eu introduzido na terra sobre a qual eu levantara a mão, para lha dar, então, olharam para todo outeiro alto e para toda árvore frondosa, e sacrificaram ali os seus sacrifícios, e apresentaram ali a provocação das suas ofertas, e puseram ali os seus cheiros suaves, e ali derramaram as suas libações.
29 E eu lhes disse: Que alto é este, aonde vós ides? E seu nome tem sido Bamá, até ao dia de hoje.
30 Portanto, dize à casa de Israel: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Vós vos contaminais a vós mesmos, à maneira de vossos pais? E vos prostituís com as suas abominações?
31 E, quando ofereceis os vossos dons e fazeis passar os vossos filhos pelo fogo, não é certo que estais contaminados com todos os vossos ídolos, até este dia? E vós me consultaríeis, ó casa de Israel? Vivo eu, diz o Senhor JEOVÁ, que vós me não consultareis.
32 E o que veio ao vosso espírito de maneira alguma sucederá, quando dizeis: Seremos como as nações, como as outras gerações da terra, servindo ao madeiro e à pedra. 
















20:5 A data da fundação da nação israelita se conta desde o Êxodo, não obstante a vocação de Abraão ter existido quinhentos anos antes. A resistência que Moisés suportou, da parte do seu próprio povo, mostra que a influência do Egito ultrapassou a dos Patriarcas (6-8)


20:9 Por amor ao meu nome. Quando Deus retirou Seu povo do Egito, com grandes sinais, completou a obra até a chegada em Canaã, não por causa do merecimento humano, mas para que os que souberam do fato não chegassem a cair na descrença, vendo os planos divinos “falharem”. Como Moisés disse nas suas súplicas em favor do povo pecaminoso, qualquer castigo divino que caísse sobre os israelitas seria considerado como sinal de falha da parte de Deus em levar Seu povo à segurança (Êx 32:11-14).




20:29 Lugar Alto. Heb bamah, que significa qualquer lugar ao ar livre usado como santuário da idolatria. No versículo há um trocadilho, pois ba’ significa “vir” e mah, “que?”.


29:31 Consultaríes. O conceito popular de consultar um profeta era pedir a solução para um problema específico, a resposta a uma pergunta levantada pelo consulente (1 Sm 9:4-6). Aqui, porém, Deus logo revela que o verdadeiro problema é o caráter dos líderes de Israel, e que, na realidade, é Deus que escolhe tanto as perguntas que faz ao íntimo de cada homem, como pronuncia respostas eternas para cada caso.


29:32 Como as nações. Às vezes a apostasia dos israelitas surgia da imitação inconsciente dos costumes de Canaã, como no caso dos lugares altos que frequentavam, às vezes sem intuito de idolatria. Além disso, houve também várias alianças políticas pelas quais a idolatria deliberadamente se estabelecia em Israel. A mais insidiosa tentação é aquela que sugere o simples conformismo aos falsos ideais de nossos vizinhos e familiares.





 Fonte: Bíblia Vida Nova 



A profecia contra o sul, 20:45-49

A espada do SENHOR, 21:1-32




A Espada do Senhor







open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 21
1 And the word of the LORD came unto me, saying,
2 Son of man, set thy face toward Jerusalem, and drop thy word toward the holy places, and prophesy against the land of Israel,
3 And say to the land of Israel, Thus saith the LORD; Behold, I am against thee, and will draw forth my sword out of his sheath, and will cut off from thee the righteous and the wicked. 
9 Son of man, prophesy, and say, Thus saith the LORD; Say, A sword, a sword is sharpened, and also furbished: 

25 And thou, profane wicked prince of Israel, whose day is come, when iniquity shall have an end,
26 Thus saith the Lord GOD; Remove the diadem, and take off the crown: this shall not be the same: exalt him that is low, and abase him that is high.
27 I will overturn, overturn, overturn, it: and it shall be no more, until he come whose right it is; and I will give it him. 


Ezequiel 21
1 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Filho do homem, dirige o rosto contra Jerusalém, e derrama as tuas palavras contra os santuários, e profetiza contra a terra de Israel.
3 E dize à terra de Israel: Assim diz o SENHOR: Eis que sou contra ti, e tirarei a minha espada da bainha, e exterminarei do meio de ti o justo e o ímpio. 

9 Filho do homem, profetiza e dize: Assim diz o Senhor: A espada, a espada está afiada e também açacalada; 
25 E tu, ó profano e ímpio príncipe de Israel, cujo dia virá no tempo da extrema maldade;
26 assim diz o Senhor JEOVÁ: Tira o diadema, e levanta a coroa; esta não será a mesma; exalta o humilde e humilha o soberbo.
27 Ao revés, ao revés, ao revés a porei, e ela não será mais, até que venha aquele a quem pertence de direito, e a ele a darei. 














21:1 Depois da exposição arrasadora, do pecado nacional, dada no capítulo anterior, a qual termina com a profecia da destruição do último pedaço do território nacional, a cidade que ainda permanecia em pé (20:45-49), vem esta nítida visão dos pormenores desta destruição.

21:9-17 Com muitos gestos e, talvez, com uma espada na mão, o profeta queria mostrar a realidade dramática da destruição que  Deus ordenou, antes de mostrar quem é que vai desempenhar o papel da espada de Deus (Nabucodonosor, vv 18-23).


21:26 N.Hom. O princípio de exaltar o humilde aplica-se aos pobres cativos de Babilônia, que, uma geração mais tarde, restaurariam Jerusalém. O abatimento do soberbo manifesta-se na eliminação dos que quiseram formar, em Jerusalém, um Estado independente dos caldeus, aos quais tinham jurado fidelidade, e independente do próprio Deus, entregando-se totalmente à idolatria (Jr 44:15-23); Ez 8:5-18). Saudou-se o nascimento de Jesus Cristo com a proclamação de que este princípio estava em pleno vigor (Lc 1:50-53). Vd Ez 17:24n.



21:27 Ela pertence de direito. O verdadeiro herdeiro de todas as promessas que Deus fez a Davi e à sua descendência é Jesus Cristo: é Ele o herdeiro do cetro de Judá (Gn 49:10) a tribo da qual Davi era descendente. Jerusalém só passará a ter significado eterno e inabalável depois da vinda de Cristo (Gl 4:26-29; Hb 12:24-24; Ap 21:1-4).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 



As abominações de Jerusalém, 22:1-31



Jerusalém







open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 22

1 Moreover the word of the LORD came unto me, saying,
2 Now, thou son of man, wilt thou judge, wilt thou judge the bloody city? yea, thou shalt shew her all her abominations.
3 Then say thou, Thus saith the Lord GOD, The city sheddeth blood in the midst of it, that her time may come, and maketh idols against herself to defile herself.
4 Thou art become guilty in thy blood that thou hast shed; and hast defiled thyself in thine idols which thou hast made; and thou hast caused thy days to draw near, and art come even unto thy years: therefore have I made thee a reproach unto the heathen, and a mocking to all countries.
5 Those that be near, and those that be far from thee, shall mock thee, which art infamous and much vexed.
6 Behold, the princes of Israel, every one were in thee to their power to shed blood.
7 In thee have they set light by father and mother: in the midst of thee have they dealt by oppression with the stranger: in thee have they vexed the fatherless and the widow.
8 Thou hast despised mine holy things, and hast profaned my sabbaths.
9 In thee are men that carry tales to shed blood: and in thee they eat upon the mountains: in the midst of thee they commit lewdness.
10 In thee have they discovered their fathers' nakedness: in thee have they humbled her that was set apart for pollution.
11 And one hath committed abomination with his neighbour's wife; and another hath lewdly defiled his daughter in law; and another in thee hath humbled his sister, his father's daughter.
12 In thee have they taken gifts to shed blood; thou hast taken usury and increase, and thou hast greedily gained of thy neighbours by extortion, and hast forgotten me, saith the Lord GOD. 


Ezequiel 22
1 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Tu, pois, ó filho do homem, julgarás, julgarás a cidade sanguinária? Faze-lhe conhecer, pois, todas as suas abominações
3 e dize: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Ai da cidade que derrama o sangue no meio dela, para que venha o seu tempo! Que faz ídolos contra si mesma, para se contaminar!
4 Pelo teu sangue que derramaste te fizeste culpada, e pelos teus ídolos que fabricaste te contaminaste, e fizeste chegar os teus dias, e vieste ao fim dos teus anos; por isso, eu te fiz o opróbrio das nações e o escárnio de todas as terras.
5 As que estão perto e as que estão longe de ti escarnecerão de ti, infamada, cheia de inquietação.
6 Eis que os príncipes de Israel, cada um conforme o seu poder, tiveram domínio sobre ti, para derramarem o sangue.
7 Ao pai e à mãe desprezaram em ti, para com o estrangeiro usaram de opressão no meio de ti e ao órfão e à viúva oprimiram em ti.
8 As minhas coisas santas desprezaste e os meus sábados profanaste.
9 Homens caluniadores se acharam em ti, para derramarem o sangue; e em ti sobre os montes comeram e perversidade cometeram no meio de ti.
10 A vergonha do pai descobriram em ti e a que estava impura, na sua separação, humilharam no meio de ti.
11 Um cometeu abominação com a mulher do seu próximo, outro contaminou abominavelmente a sua nora, e outro humilhou no meio de ti a sua irmã, filha de seu pai.
12 Presentes se receberam no meio de ti para se derramar sangue; usura e lucros tomaste e usaste de avareza com o teu próximo, oprimindo-o; mas de mim te esqueceste, diz o Senhor JEOVÁ.










open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 22
24 Son of man, say unto her, Thou art the land that is not cleansed, nor rained upon in the day of indignation.
25 There is a conspiracy of her prophets in the midst thereof, like a roaring lion ravening the prey; they have devoured souls; they have taken the treasure and precious things; they have made her many widows in the midst thereof.
26 Her priests have violated my law, and have profaned mine holy things: they have put no difference between the holy and profane, neither have they shewed difference between the unclean and the clean, and have hid their eyes from my sabbaths, and I am profaned among them.
27 Her princes in the midst thereof are like wolves ravening the prey, to shed blood, and to destroy souls, to get dishonest gain.
28 And her prophets have daubed them with untempered morter, seeing vanity, and divining lies unto them, saying, Thus saith the Lord GOD, when the LORD hath not spoken.
29 The people of the land have used oppression, and exercised robbery, and have vexed the poor and needy: yea, they have oppressed the stranger wrongfully. 



Ezequiel 22
24 Filho do homem, dize-lhe: Tu és uma terra que não está purificada e que não tem chuva no dia da indignação.
25 Conjuração dos seus profetas há no meio dela, como um leão que ruge, que arrebata a presa; eles devoram as almas; tesouros e coisas preciosas tomam, multiplicam as suas viúvas no meio dela.
26 Os seus sacerdotes transgridem a minha lei, e profanam as minhas coisas santas; entre o santo e o profano não fazem diferença, nem discernem o impuro do puro; e de meus sábados escondem os seus olhos, e assim sou profanado no meio deles.
27 Os seus príncipes no meio dela são como lobos que arrebatam a presa, para derramarem o sangue, para destruírem as almas, para seguirem a avareza.
28 E os seus profetas têm feito para eles reboco de cal não adubada, vendo vaidade, e predizendo-lhes mentira e dizendo: Assim diz o Senhor JEOVÁ; sem que o SENHOR tivesse falado.
29 Ao povo da terra oprimem gravemente, e andam roubando, e fazem violência ao aflito e ao necessitado, e ao estrangeiro oprimem sem razão.












open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 22:30 And I sought for a man among them, that should make up the hedge, and stand in the gap before me for the land, that I should not destroy it: but I found none. 

Ezequiel 22:30 E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei. 












22:2 Sanguinária. Pensa-se especialmente nos sacrifícios humanos oferecidos aos ídolos (vv 2-4), mas a palavra inclui a lista de pecados homicidas (1 Jo 3:15) que, segundo este capítulo nos mostra, se cometiam em Jerusalém por todas as camadas da sociedade.


24-29 N.Hom. Aqui vemos todas as classes sociais reunidas numa tentativa deliberada de eliminar a palavra de Deus da sua nação. Os profetas, covardemente, recusando-se a apontar os males sociais à luz da palavra de Deus, alegando que tudo corria muito bem (28); eram realmente causadores da desgraça nacional, por não terem sido atalaias fiéis (12:18). Despojam o povo de todos os seus bens em troca das suas profecias lisonjeiras (25). Os sacerdotes, vocacionados a praticar todo o cerimonial da lei, para ensinar ao povo o sentido da consagração, da purificação e da dedicação, são os primeiros a profanar as ordenanças divinas (26). Os príncipes, que deviam ser os pastores do rebanho, humildes servos de Deus, tornavam-se em déspotas orientais (27). Então havia nenhum membro do povo que fosse livre de culpa (30).

22:30 Um homem. Não surgiu ninguém para fazer o papel de um homem justo que orasse e defendesse os pecadores (Êx 32:32; Gn 18:26; Tg 5:16). Em Is 59:16 lemos que nestas circunstâncias Deus se tornou salvador e intercessor. Is 53:10-12 e 1 Pe 2:21-25 mostram que Deus fez isso pelo sacrifício de Jesus.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




Duas Parábolas Finais e uma Última Ação Simbólica de Condenação, 23:1-24:24

Oolá (Samaria) e Oolibá (Jerusalém), as duas meretrizes, 23:1-48





Reino Dividido de Israel e Judá

☼ Samaria, capital de do Reino de Israel
☼ Jerusalém, capital do Reino de Judá




Samaria & Judá: As Duas Meretrizes

Infidelidade para com Deus = Adultério Espiritual
(Ezequiel 23:1-48;  Juízes 2:17; Isaías 42:8;  54:5; 
Jeremias 3:6-13...) 




Ezekiel 23
1 The word of the LORD came again unto me, saying,
2 Son of man, there were two women, the daughters of one mother:
3 And they committed whoredoms in Egypt; they committed whoredoms in their youth: there were their breasts pressed, and there they bruised the teats of their virginity.
4 And the names of them were Aholah the elder, and Aholibah her sister: and they were mine, and they bare sons and daughters. Thus were their names; Samaria is Aholah, and Jerusalem Aholibah. 

36 The LORD said moreover unto me; Son of man, wilt thou judge Aholah and Aholibah? yea, declare unto them their abominations;
37 That they have committed adultery, and blood is in their hands, and with their idols have they committed adultery, and have also caused their sons, whom they bare unto me, to pass for them through the fire, to devour them. 


Ezequiel 23
1 Veio mais a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Filho do homem, houve duas mulheres, filhas de uma mesma mãe.
3 Estas prostituíram-se no Egito; prostituíram-se na sua mocidade; ali foram apertados os seus peitos, e ali foram apalpados os seios da sua virgindade.
4 E os seus nomes eram: Oolá, a mais velha, e Oolibá, sua irmã; e foram minhas e tiveram filhos e filhas; e, quanto ao seu nome, Samaria é Oolá, e Jerusalém é Oolibá. 

36 E disse-me o SENHOR: Filho do homem, julgarias a Oolá e a Oolibá? Mostra-lhes, pois, as suas abominações.
37 Porque adulteraram, e sangue se acha nas suas mãos; com os seus ídolos adulteraram, e até os seus filhos, que de mim geraram, fizeram passar pelo fogo, para os consumirem. 













23:36 Oolá, Heb. aholah, significa “tenda dela”. N.Hom. A tenda é o tabernáculo erguido nos altos para adorar os ídolos e para praticar adultério, que fazia parte deste culto; que é “dela” própria, significando que, desde a separação das dez tribos, Israel deliberadamente escolhera sua própria religião (1 Rs 12:25-33) que, aliás, logo se entregou ao paganismo de Tiro, 1 Rs 16:29-34. Oolibá, Heb aholibah, significa “minha tenda está nela”. É Jerusalém, a cidade onde o tabernáculo de Deus, seguindo as instruções dadas para a tenda no deserto http://www.bibleplaces.com/tabernacle.htm, foi erguido em forma de um templo permanente, o lugar aonde os israelitas fluíram para dirigir suas súplicas à presença divina (1 Rs 8:22-53). Há uma grande diferença entre a religião inventada pelo homem e a revelada pela presença do Senhor. Mas ai de quem, tendo aprendido a verdadeira religião, torna-se infiel (Hb 10:28-29); ficará como Oolibá, tida como pior do que Oolá (16:52).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




A parábola da panela, 24:1-14





A Parábola da Panela

(O Holocausto de Jerusalém)









open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 24

1 Again in the ninth year, in the tenth month, in the tenth day of the month, the word of the LORD came unto me, saying,
2 Son of man, write thee the name of the day, even of this same day: the king of Babylon set himself against Jerusalem this same day.
3 And utter a parable unto the rebellious house, and say unto them, Thus saith the Lord GOD; Set on a pot, set it on, and also pour water into it:
4 Gather the pieces thereof into it, even every good piece, the thigh, and the shoulder; fill it with the choice bones.
5 Take the choice of the flock, and burn also the bones under it, and make it boil well, and let them seethe the bones of it therein.
6 Wherefore thus saith the Lord GOD; Woe to the bloody city, to the pot whose scum is therein, and whose scum is not gone out of it! bring it out piece by piece; let no lot fall upon it.
7 For her blood is in the midst of her; she set it upon the top of a rock; she poured it not upon the ground, to cover it with dust;
8 That it might cause fury to come up to take vengeance; I have set her blood upon the top of a rock, that it should not be covered.
9 Therefore thus saith the Lord GOD; Woe to the bloody city! I will even make the pile for fire great. 


Ezequiel 24
1 E veio a mim a palavra do SENHOR, no nono ano, no décimo mês, aos dez do mês, dizendo:
2 Filho do homem, escreve o nome deste dia, deste mesmo dia; porque o rei de Babilônia se aproxima de Jerusalém neste mesmo dia.
3 E usa de uma comparação para com a casa rebelde e dize-lhe: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Põe a panela ao lume, e põe-na, e deita-lhe água dentro,
4 e ajunta nela bons pedaços de carne, todos os bons pedaços, as pernas e as espáduas, e enche-a de ossos escolhidos.
5 Pega no melhor do rebanho e queima também os ossos debaixo dela; fá-la ferver bem, e cozam-se dentro dela os seus ossos.
6 Portanto, assim diz o Senhor JEOVÁ: Ai da cidade sanguinária, da panela que escuma, e cuja escuma não saiu dela! Tira dela pedaço a pedaço, e não caia sorte sobre ela.
7 Porque o seu sangue está no meio dela; sobre uma penha descalvada o pôs e não o derramou sobre a terra, para o cobrir com pó;
8 para fazer subir a indignação, para tomar vingança, eu pus o seu sangue numa penha descalvada, para que não seja coberto.
9 Portanto, assim diz o Senhor JEOVÁ: Ai da cidade sanguinária! Também eu farei uma grande fogueira.
10 Amontoa muita lenha, acende o fogo, consome a carne e tempera-a com especiarias, e ardam os ossos. 







Total Destruição 



open bible photo:  5c78e43c.jpg




Ezekiel 24

11 Then set it empty upon the coals thereof, that the brass of it may be hot, and may burn, and that the filthiness of it may be molten in it, that the scum of it may be consumed.
12 She hath wearied herself with lies, and her great scum went not forth out of her: her scum shall be in the fire.
13 In thy filthiness is lewdness: because I have purged thee, and thou wast not purged, thou shalt not be purged from thy filthiness any more, till I have caused my fury to rest upon thee. 


Ezequiel 24
11 Então, a porás vazia sobre as suas brasas, para que ela aqueça, e se queime a sua ferrugem, e se funda a sua imundícia no meio dela, e se consuma a sua escuma.
12 De vaidades se cansou; e não saiu dela a sua muita escuma; ao fogo irá a sua escuma. 
13 Na tua imundícia está a infâmia, pois te purifiquei, e tu não te purificaste; nunca mais serás purificada da tua imundícia, enquanto eu não fizer descansar sobre ti a minha indignação. 











24:4 Ossos escolhidos. Os líderes em Jerusalém; o melhor deles não passa de um osso seco perante o julgamento pronunciado por Deus.

25:5 Ferver bem. A violência de um sítio rígido, típico da época.

24:11 Panela vazia. Depois de serem consumidos os defensores da cidade, morrendo um por um, sem distinção, v 6, sendo eliminados os próprios líderes (os ossos queimados), v 10, só faltou serem destruídos os restos físicos de Jerusalém, o que desta vez foi realmente lento, para que nunca mais acontecesse ali outra rebelião contra Babilônia.  Ferrugem. O pecado, que tira o brilho, o corte, a beleza e a utilidade do instrumento (o homem).


24:13 Nunca purificada. Este fogo é para a destruição, e não para a refinação do metal (22:20).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




A morte da mulher de Ezequiel - Predição da ruína de Jerusalém, 24:15-24





Jerusalém





A morte da mulher de Ezequiel



jewish quarter jerusalem photo: Jerusalem Old City JerusalemOldCityMTOlive076.jpg
Cemitérios Judaicos - Jerusalém cidade velha  
(Jewish Cemeteries - Jerusalem old city)







open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 24
15 Also the word of the LORD came unto me, saying,
16 Son of man, behold, I take away from thee the desire of thine eyes with a stroke: yet neither shalt thou mourn nor weep, neither shall thy tears run down.
17 Forbear to cry, make no mourning for the dead, bind the tire of thine head upon thee, and put on thy shoes upon thy feet, and cover not thy lips, and eat not the bread of men.
18 So I spake unto the people in the morning: and at even my wife died; and I did in the morning as I was commanded. 


Ezequiel 24
15 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
16 Filho do homem, eis que tirarei de ti o desejo dos teus olhos de um golpe, mas não lamentarás, nem chorarás, nem te correrão as lágrimas.
17 Refreia o teu gemido; não tomarás luto por mortos; ata o teu turbante e coloca nos pés os teus sapatos; e não te rebuçarás e o pão dos homens não comerás.
18 E falei ao povo pela manhã, e à tarde morreu minha mulher; e fiz pela manhã como se me deu ordem. 







Predição da Ruína de Jerusalém


Templo de Salomão - (Solomon's Temple)






open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 24

20 Then I answered them, The word of the LORD came unto me, saying,
21 Speak unto the house of Israel, Thus saith the Lord GOD; Behold, I will profane my sanctuary, the excellency of your strength, the desire of your eyes, and that which your soul pitieth; and your sons and your daughters whom ye have left shall fall by the sword. 


Ezequiel 24
20 E eu lhes disse: Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
21 Dize à casa de Israel: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis que eu profanarei o meu santuário, a glória da vossa fortaleza, o desejo dos vossos olhos e o regalo da vossa alma; e vossos filhos e vossas filhas, que deixastes, cairão à espada. 















24:16 A delícia dos teus olhos. A esposa do profeta (18) pela qual não lhe foi lícito lamentar (17, por causa da desgraça nacional.


Templo de Salomão - (Solomon's Temple)

24.21 Delícia dos vossos olhos. O templo, que embora possuindo a bênção de Deus, nunca seria suficiente para garantir a vitória e a prosperidade a um povo que estava vivendo na idolatria, em plena rebelião contra Deus. É o caso de  uma igreja que, alegando ser portadora da graça divina, lança fora a palavra de Deus, em favor de suas próprias tradições. Qualquer lamentação contra a destruição de tal organização será forçosamente considerada como rebelião contra a própria justiça divina. Daí o silêncio do profeta sobre a morte da esposa inocente e amada, para mostrar que muito menos se podia lamentar e chorar pela ruína da cidade sanguinária (24:6).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 



Notícias da Queda da Casa Rebelde, 24:25-27

NAÇÕES ESTRANGEIRAS, CULPADAS DE CRIMES CONTRA DEUS E SEU POVO SERÃO DESTRUÍDAS, 25:1-32:32

Palavra do Senhor sobre Seis Vizinhos Palestinianos de Israel: Amon, Moabe, Edom, Filistia, Tiro e Sidom, 25:1-28:26





Amon - Moabe - Edom - Filistia - Tiro - Sidom - Egito



(Comentário)







Aqui começa uma série de oito capítulos, nos quais o julgamento também se pronuncia sobre os vizinhos de Judá. Terminados os pronunciamentos desses julgamentos, o profeta começa a sua batalha na vocação de preparar os cativos para formar o novo Israel.

 Fonte: Bíblia Vida Nova


1. AMONITAS (Gênesis 19.38; Deuteronômio 2.19-23; 2 Crônicas 20.1-4)

Povo descendente de Ben-Ami, o filho de Ló com sua filha. Deus pediu aos israelitas para serem gentis com os amonitas. Infelizmente os amonitas abusaram desta gentileza ao tempo do reinado de Josafá em Jerusalém.

Leia mais: 


2. MOABITAS (2 Reis 3.21-22)

Povo descendente de Moabe; moradores da terra de Moabe. Alguns dos problemas de Israel com a idolatria vieram de sua mistura com os moabitas.

Leia mais: 


3. EDOMITAS (Gênesis 36.8,9)

Povo de Edom; descendente de Esaú.



4. FILISTIA (Gênesis 21.32; Êxodo 15.14, Juízes 13.5; Joel 3.4...)

Terra dos filisteus, faixa ocidental do Negueve ao longo da costa mediterrânea, formada por cidades como Asquelom, Asdode, Ecrom, Gate e Gaza.

david vs goliath photo: David vs Goliath david-and-goliath2.gif
Davi vs. Golias - (David vs. Goliath)
1 Samuel 17:41-58

Filisteus: Descendentes de Casluim, os filisteus foram inimigos constantes de Israel. Golias foi mais conhecido dos filisteus. Muitos juízes lutaram contra os filisteus.

Leia mais: 


5. TIRO


Ruins of Tyre photo RuinsTyreLebanon2.jpg
Ruínas de Tiro - (Ruins of Tyre)

Cidade na Fenícia na costa mediterrânea, geralmente mencionada junto com Sidom. Hirão governava Tiro ao tempo dos reinados de Davi e Salomão.



6. SIDOM


Sidon: Lebanon photo: Sidon city17_sidon.jpg

Cidade fortificada na costa mediterrânea a 40km ao norte de Tiro. Sidom era o marco da fronteira norte de Canaã.



             7. EGITO

Mapa do Antigo Egito e Núbia


Nação e reino na banda nordeste da África. Toda a história de Israel inclui o Egito. Abraão visitou o Egito antes de se estabelecer em Canaã (http://www.bible-history.com/maps/6-abrahams-journeys.html. Toda a família de Jacó se fixou ali e se desenvolveu até formar a nação hebréia. Deus chamou Moisés para liderar os hebreus na saída da escravidão no Egito. Vários reis israelitas tentaram se aliar ao Egito antes do Exílio.




 Fonte: Dicionário Bíblico Ilustrado para a Família








Profecia contra Amom, 25:1-7
Profecia contra Moabe, 25:8-11
Profecia contra Edom, 25:12-17
Profecia contra Tiro, 26:1-21
A lamentação sobre Tiro, 27:1-36
Profecia contra o rei de Tiro, 28:1-10
Lamentação contra o rei de Tiro, 28:11-19
Profecia contra Sidom, 28:20-26



Profecias contra Tiro e Sidom
Ezequiel 26:1-28:26







open bible photo:  5c78e43c.jpg



Profecia contra Tiro


Ezekiel 26

12 And they shall make a spoil of thy riches, and make a prey of thy merchandise: and they shall break down thy walls, and destroy thy pleasant houses: and they shall lay thy stones and thy timber and thy dust in the midst of the water.
13 And I will cause the noise of thy songs to cease; and the sound of thy harps shall be no more heard. 

Ezekiel 28
17 Thine heart was lifted up because of thy beauty, thou hast corrupted thy wisdom by reason of thy brightness: I will cast thee to the ground, I will lay thee before kings, that they may behold thee.
18 Thou hast defiled thy sanctuaries by the multitude of thine iniquities, by the iniquity of thy traffick; therefore will I bring forth a fire from the midst of thee, it shall devour thee, and I will bring thee to ashes upon the earth in the sight of all them that behold thee.


Ezequiel 26
12 E roubarão as tuas riquezas, e saquearão as tuas mercadorias, e derribarão os teus muros, e arrasarão as tuas casas preciosas; e as tuas pedras, e as tuas madeiras, e o teu pó lançarão no meio das águas.
13 E farei cessar o arruído das tuas cantigas, e o som das tuas harpas não se ouvirá mais. 

Ezequiel 28
17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti.
18 Pela multidão das tuas iniquidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu a ti, e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te veem.


Profecia contra Sidom


Ezekiel 28
20 Again the word of the LORD came unto me, saying,
21 Son of man, set thy face against Zidon, and prophesy against it,
22 And say, Thus saith the Lord GOD; Behold, I am against thee, O Zidon; and I will be glorified in the midst of thee: and they shall know that I am the LORD, when I shall have executed judgments in her, and shall be sanctified in her.
23 For I will send into her pestilence, and blood into her streets; and the wounded shall be judged in the midst of her by the sword upon her on every side; and they shall know that I am the LORD.
24 And there shall be no more a pricking brier unto the house of Israel, nor any grieving thorn of all that are round about them, that despised them; and they shall know that I am the Lord GOD.
25 Thus saith the Lord GOD; When I shall have gathered the house of Israel from the people among whom they are scattered, and shall be sanctified in them in the sight of the heathen, then shall they dwell in their land that I have given to my servantJacob. 



Ezequiel 28
20 E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
21 Filho do homem, dirige o rosto contra Sidom e profetiza contra ela,
22 e dize: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis-me contra ti, ó Sidom, e serei glorificado no meio de ti; e saberão que eu sou o SENHOR, quando nela executar juízos e nela me santificar.
23 Porque enviarei contra ela a peste e o sangue nas suas ruas, e os traspassados cairão no meio dela, estando a espada em roda contra ela; e saberão que eu sou o SENHOR.
24 E a casa de Israel nunca mais terá espinho que a pique, nem espinho que cause dor, de qualquer que ao redor deles os roubam; e saberão que eu sou o Senhor JEOVÁ.

25 Assim diz o Senhor JEOVÁ: Quando eu congregar a casa de Israel dentre os povos entre os quais estão espalhados e eu me santificar entre eles, perante os olhos das nações, então, habitarão na sua terra que dei a meu servo, a Jacó.  















key photo: key key.jpg



28:25 Temos aqui a chave do motivo da destruição dos pagãos, e do motivo de ter havido estas profecias intercaladas entre a pregação de Ezequiel, de que Jerusalém seria punida pelos seus pecados, e os ensinamentos pelos quais o profeta preparou um núcleo de sobreviventes arrependidos para continuar a vocação de Israel. É que Israel nunca conseguia se desenvolver espiritualmente, antes da violenta extirpação do velho paganismo que reinava em Canaã, havia milhares de anos.




 Fonte: Bíblia Vida Nova 




Sete Palavras do Senhor sobre a Sétima Nação: Egito, 29:1-32:32
Profecia contra o Egito, 29:1-21





Profecia contra o Egito



Rio Nilo (Nile River)

nile river photo: Egypt P5290502.jpg



Crocodilo do Nilo







open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 29

1 In the tenth year, in the tenth month, in the twelfth day of the month, the word of the LORD came unto me, saying,
2 Son of man, set thy face against Pharaoh king of Egypt, and prophesy against him, and against all Egypt:
3 Speak, and say, Thus saith the Lord GOD; Behold, I am against thee, Pharaoh king of Egypt, the great dragon that lieth in the midst of his rivers, which hath said, My river is mine own, and I have made it for myself. 


Ezequiel 29
1 No décimo ano, no décimo mês, no dia doze do mês, veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Filho do homem, dirige o rosto contra Faraó, rei do Egito, e profetiza contra ele e contra todo o Egito.
3 Fala e dize: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis-me contra ti, ó Faraó, rei do Egito, grande dragão, que pousas no meio dos teus rios e que dizes: O meu rio é meu, e eu o fiz para mim. [JFA]


Ezequiel 29:3 Fala, e dize: Assim diz o SENHOR Deus: Eis-me contra ti, ó Faraó, rei do Egito, crocodilo enorme, que te deitas no meio dos seus rios, e que dizes: O meu rio é meu, e eu o fiz para mim mesmo. [BVN]












open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 29

6 And all the inhabitants of Egypt shall know that I am the LORD, because they have been a staff of reed to the house of Israel. 


Ezequiel 29:6 E saberão todos os moradores do Egito que eu sou o SENHOR, porque se tornaram um bordão de cana para a casa de Israel. 








O Império Babilônico




open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 29

19 Therefore thus saith the Lord GOD; Behold, I will give the land of Egypt unto Nebuchadrezzar king of Babylon; and he shall take her multitude, and take her spoil, and take her prey; and it shall be the wages for his army.
20 I have given him the land of Egypt for his labour wherewith he served against it, because they wrought for me, saith the Lord GOD. 


Ezequiel 29
19 Portanto, assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis que eu darei a Nabucodonosor, rei de Babilônia, a terra do Egito; e levará a sua multidão, e tomará o seu despojo, e roubará a sua presa, e isso será a paga para o seu exército.
20 Por paga do seu trabalho, com que serviu contra ela, lhe dei a terra do Egito, visto que trabalharam por mim, diz o Senhor JEOVÁ. 












29:3 Crocodilo. Símbolo profético para o Egito.


29:6 Bordão de cana. A queixa contra o Egito pelo fato do mesmo ter sempre atraído Israel à intriga internacional, mas sempre traindo seus aliados, e recusando o apoio na hora da guerra.





 Fonte: Bíblia Vida Nova 




O Egito será conquistado por Babilônia, 30:1-26
O destino do Egito, 31-1-18
Lamentação contra Faraó, rei do Egito, 32:1-32






Faraó, rei o Egito











open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 32

1 And it came to pass in the twelfth year, in the twelfth month, in the first day of the month, that the word of the LORD came unto me, saying,
2 Son of man, take up a lamentation for Pharaoh king of Egypt, and say unto him, Thou art like a young lion of the nations, and thou art as a whale in the seas: and thou camest forth with thy rivers, and troubledst the waters with thy feet, and fouledst their rivers. 


Ezequiel 32
1 E sucedeu que, no ano duodécimo, no mês duodécimo, ao primeiro do mês, veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Filho do homem, levanta uma lamentação sobre Faraó, rei do Egito, e dize-lhe: Semelhante eras a um filho de leão entre as nações, e tu foste como um dragão nos mares, e ferias os teus rios, e turbavas as águas com os teus pés, e sujavas os teus rios. 













32:1 No nosso calendário, seria fevereiro de 585 a.C., o fim do ano judaico que começou em março de 586 a.C.


32:2 Sujando os rios. A civilização que os Faraós fundavam ao longo do Nilo desde 2850 a.C. era tão idólatra, que aos olhos de Deus não passava de uma poluição das águas. Crocodilo. Heb. leviatam. Pela descrição dada em Jó 41:1-34, pensa-se no crocodilo, mas é possível que se trate de linguagem figurada, tirada das tradições antigas. É interessante saber que o nome árabe de crocodilo é faraun.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 



A CASTIGADA ISRAEL SERÁ RESTAURADA: O REINO DE DEUS FLORESCERÁ, 33:1-48:35

O Profeta da Restauração e a Base de Sua Mensagem, 33:1-20
O dever do verdadeiro atalaia, 33:1-20



Atalaia
(Watchman) 

O ofício do verdadeiro profeta



blood hand photo: hand s_e0b647b9ea97d981441bd569f855b0f0.jpg






open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 33

7 So thou, O son of man, I have set thee a watchman unto the house of Israel; therefore thou shalt hear the word at my mouth, and warn them from me.
8 When I say unto the wicked, O wicked man, thou shalt surely die; if thou dost not speak to warn the wicked from his way, that wicked man shall die in his iniquity; but his blood will I require at thine hand.
9 Nevertheless, if thou warn the wicked of his way to turn from it; if he do not turn from his way, he shall die in his iniquity; but thou hast delivered thy soul.
10 Therefore, O thou son of man, speak unto the house of Israel; Thus ye speak, saying, If our transgressions and our sins be upon us, and we pine away in them, how should we then live?
11 Say unto them, As I live, saith the Lord GOD, I have no pleasure in the death of the wicked; but that the wicked turn from his way and live: turn ye, turn ye from your evil ways; for why will ye die, O house of Israel? 


Ezequiel 33
7 A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da minha boca e lha anunciarás da minha parte.
8 Se eu disser ao ímpio: Ó ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para desviar o ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniquidade, mas o seu sangue eu o demandarei da tua mão.
9 Mas, quando tu tiveres falado para desviar o ímpio do seu caminho, para que se converta dele, e ele se não converter do seu caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma.
10 Tu, pois, filho do homem, dize à casa de Israel: Assim falais vós, dizendo: Visto que as nossas prevaricações e os nossos pecados estão sobre nós, e nós desfalecemos neles, como viveremos então?
11 Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor JEOVÁ, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva; convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois por que razão morrereis, ó casa de Israel? 
















33:7-9. Este trecho é uma repetição de 3:17-19. A novidade da presente profecia é que se refere à pregação da desgraça nacional, determinada por Deus, vv 2-6, que é seguida por um convite à conversão (v 11), junto à doutrina da responsabilidade pessoal vv.  12-19.


33:1-20. Estes versículos ensinam que o pastor deve anunciar a plenitude da palavra de Deus, isto é, todos os julgamentos e advertências que Deus pronuncia (1-6) e todos os convites à conversão que Deus faz, bem como as promessas de consolação e de restauração que Deus o autoriza pronunciar (16). “Cada palavra que procede da boca de Deus”, Mt 4:4 deve ser o conteúdo de pregação do pastor. Quanto aos seus ouvintes, seu dever inalienável é escutar a palavra e pô-la em prática. A desculpa de pertencer a um ambiente anti-cristão não o isenta da responsabilidade (18:12-18); muito menos a de estar acostumando ao pecado (33:14-15). Nada liberta o homem do dever de obedecer à Palavra de Deus.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 



Chegam Notícias sobre a Queda de Jerusalém, 33:21-33

O castigo de Israel por causa da sua presunção, 33:21-33



O castigo de Israel 

por causa da sua presunção
Ezequiel 33:21-33







open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 33
24 Son of man, they that inhabit those wastes of the land of Israel speak, saying, Abraham was one, and he inherited the land: but we are many; the land is given us for inheritance.
25 Wherefore say unto them, Thus saith the Lord GOD; Ye eat with the blood, and lift up your eyes toward your idols, and shed blood: and shall ye possess the land?
26 Ye stand upon your sword, ye work abomination, and ye defile every one his neighbour's wife: and shall ye possess the land?
27 Say thou thus unto them, Thus saith the Lord GOD; As I live, surely they that are in the wastes shall fall by the sword, and him that is in the open field will I give to the beasts to be devoured, and they that be in the forts and in the caves shall die of the pestilence.
28 For I will lay the land most desolate, and the pomp of her strength shall cease; and the mountains of Israel shall be desolate, that none shall pass through.
29 Then shall they know that I am the LORD, when I have laid the land most desolate because of all their abominations which they have committed.
30 Also, thou son of man, the children of thy people still are talking against thee by the walls and in the doors of the houses, and speak one to another, every one to his brother, saying, Come, I pray you, and hear what is the word that cometh forth from the LORD.
31 And they come unto thee as the people cometh, and they sit before thee as my people, and they hear thy words, but they will not do them: for with their mouth they shew much love, but their heart goeth after their covetousness.
32 And, lo, thou art unto them as a very lovely song of one that hath a pleasant voice, and can play well on an instrument: for they hear thy words, but they do them not. 


Ezequiel 33
24 Filho do homem, os moradores destes lugares desertos da terra de Israel falam, dizendo: Abraão era um só e possuiu esta terra; mas nós somos muitos; esta terra nos foi dada em possessão.
25 Dize-lhes, portanto: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Com sangue comeis, e levantais os olhos para os vossos ídolos, e derramais sangue! E possuíreis esta terra?
26 Vós vos estribais sobre a vossa espada, cometeis abominação, e contamina cada um a mulher do seu próximo! E possuireis a terra?
27 Assim lhes dirás: Assim disse o Senhor JEOVÁ: Vivo eu, que os que estiverem em lugares desertos cairão à espada, e o que estiver sobre a face do campo, o entregarei à fera, para que o coma, e os que estiverem em lugares fortes e em cavernas morrerão de pestilência. 
31 E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois lisonjeiam com a sua boca, mas o seu coração segue a sua avareza. 
32 E eis que tu és para eles como uma canção de amores, canção de quem tem voz suave e que bem tange; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra. 











33:24 Há uma grande diferença entre a fé obediente e humilde de Abraão, e a presunção pecaminosa da escória de Israel, abandonada a viver como os animais na terra desolada.


Império Babilônico - Canal de Quebar 

33:31 N.Hom. Estando afastados de Jerusalém e do templo, as atividades religiosas dos israelitas se concentraram em torno do profeta Ezequiel. Agora começa a segunda etapa da vocação do mesmo: a exortação aos remanescentes. Infelizmente, a mesma irreverência para com a palavra de Deus, que fazia dos cultos, em Israel, uma oportunidade para se desfilar indecentemente, com bens injustamente extorquidos dos pobres, enquanto se celebrava uma liturgia tecnicamente correta (Am 5:21-27; 8:4-10), também tornava as consultas ao profeta em simples motivo de riso para os prisioneiros que trabalhavam ao canal de Quebar (32). Só depois de estarem cientes da destruição de Jerusalém é que os israelitas do cativeiro reconheceram que as “extravagâncias” de Ezequiel, longe de serem um espetáculo de zombaria, ao contrário, eram, a voz de Deus chamando os sobreviventes da trágica derrota nacional a escutar o verdadeiro profeta (33).



 Fonte: Bíblia Vida Nova 



Promessas de Restauração, 34:1-39:28
Restauração sob um Rei Eterno, 34:1-31
Profecia contra os pastores infiéis de Israel, 34:1-10



O cuidado do SENHOR pelo seu rebanho, 34:11-31





A Ovelha Perdida
(The Lost Sheep)




O Cuidado do Pastor pelo Seu Rebanho



 





open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 34

11 For thus saith the Lord GOD; Behold, I, even I, will both search my sheep, and seek them out.
12 As a shepherd seeketh out his flock in the day that he is among his sheep that are scattered; so will I seek out my sheep, and will deliver them out of all places where they have been scattered in the cloudy and dark day.
13 And I will bring them out from the people, and gather them from the countries, and will bring them to their own land, and feed them upon the mountains of Israel by the rivers, and in all the inhabited places of the country.
14 I will feed them in a good pasture, and upon the high mountains of Israel shall their fold be: there shall they lie in a good fold, and in a fat pasture shall they feed upon the mountains of Israel.
15 I will feed my flock, and I will cause them to lie down, saith the Lord GOD.
16 I will seek that which was lost, and bring again that which was driven away, and will bind up that which was broken, and will strengthen that which was sick: but I will destroy the fat and the strong; I will feed them with judgment. 


Ezequiel 34
11 Porque assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis que eu, eu mesmo, procurarei as minhas ovelhas e as buscarei.
12 Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas; e as farei voltar de todos os lugares por onde andam espalhadas no dia de nuvens e de escuridão.
13 E as tirarei dos povos, e as farei vir dos diversos países, e as trarei à sua terra, e as apascentarei nos montes de Israel, junto às correntes e em todas as habitações da terra.
14 Em bons pastos as apascentarei, e nos altos montes de Israel será a sua malhada; ali, se deitarão numa boa malhada e pastarão em pastos gordos nos montes de Israel.
15 Eu apascentarei as minhas ovelhas, e eu as farei repousar, diz o Senhor JEOVÁ.
16 A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer, e a quebrada ligarei, e a enferma fortalecerei; mas a gorda e a forte destruirei; apascentá-las-ei com juízo.












jesus shepherd photo: Jesus-the Good Shepherd ATT112.gif


34:11 Eu mesmo procurarei. Deus mesmo, revelado na terra na pessoa de Cristo, tudo fez para buscar os pecadores perdidos, sendo ele o Bom Pastor (Jo 10:1-18; Lc 15:3-7).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




Restauração nas Colinas de Israel, 35:1-36:15

Profecia contra o monte Seir, 35:1-15
Profecia feita aos montes de Israel, 36:1-15






Profecia feita aos montes de Israel


Monte Carmelo 



Monte Ebal & Monte Gerizim


Monte Tabor


Monte das Oliveiras








open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 36
1 Also, thou son of man, prophesy unto the mountains of Israel, and say, Ye mountains of Israel, hear the word of the LORD:
2 Thus saith the Lord GOD; Because the enemy hath said against you, Aha, even the ancient high places are ours in possession: 

8 But ye, O mountains of Israel, ye shall shoot forth your branches, and yield your fruit to my people of Israel; for they are at hand to come. 


Ezequiel 36
1 E tu, ó filho do homem, profetiza aos montes de Israel e dize: Montes de Israel, ouvi a palavra do SENHOR.
2 Assim diz o Senhor JEOVÁ: Pois que diz o inimigo sobre vós: Ah! Ah! Até as eternas alturas serão nossa herança; 
8 Mas vós, ó montes de Israel, vós produzireis os vossos ramos e dareis o vosso fruto para o meu povo de Israel; porque estão prestes a vir. 













Montes de Israel. Ezequiel tinha profetizado contra os montes de Israel quando eram estes um centro de paganismo dos cananeus (6:1-14). Na volta do Cativeiro, não mais existiam as antigas nações pagãs, que tal idolatria ensinavam.



36:2 Lugares altos. Antes da chegada dos israelitas no tempo de Josué, estes lugares eram destinados ao paganismo; na ausência dos israelitas exilados na Babilônia, as nações vizinhas pensavam que a terra de Canaã estava livre para um volta às antigas religiões pagãs. Mas o próprio Deus reservara o território para uma futura revelação da verdadeira religião (Jo 4:19-30)

36:8 Prestes a servir. Logo depois de Ciro anexar Babilônia ao império da Pérsia, em 539 a.C., deu licença aos judeus para voltarem à Palestina e restaurar o templo.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




A Restauração de Israel: Restauração de um Coração de Carne, 36:16-38



Um Coração Novo
Ezequiel 36:26,27; 11:19,20

Coração de Pedra




Coração de Carne







open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 36

25 Then will I sprinkle clean water upon you, and ye shall be clean: from all your filthiness, and from all your idols, will I cleanse you.
26 A new heart also will I give you, and a new spirit will I put within you: and I will take away the stony heart out of your flesh, and I will give you an heart of flesh.
27 And I will put my spirit within you, and cause you to walk in my statutes, and ye shall keep my judgments, and do them. 


Ezequiel 36
25 Então, espalharei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei.
26 E vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei o coração de pedra da vossa carne e vos darei um coração de carne.
27 E porei dentro de vós o meu espírito e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis. 



















36:25 Aspergirei. A idolatria dos israelitas cobria-os de impureza ritual e moral; a aspersão é um rito de purificação que simboliza a purificação do coração (Sl 51:7). A plenitude deste símbolo reside no batismo [Do gr. baptismós, ‘imersão’, pelo lat. baptismu.], que é um ato de pública aceitação da obra purificadora de Jesus Cristo, deixando-O limpar a consciência e a alma com uma santificação eterna (cf 1 Pe 3:21).




36:27 N.Hom. Porei dentro em vós o meu Espírito. É a principal, entre as promessas divinas que Ezequiel repete para o povo. Já houve o caso de o Espírito cair sobre o profeta (11:5n), mas nem ele, como único atalaia no cativeiro, podia dizer que Deus tinha posto Seu Espírito dentro de Ezequiel. A presença do Espírito Santo dentro do homem depende inteiramente da obra de Jesus Cristo (Jo 16:7-14). Esta presença começou no dia de Pentecoste, começou a habilitar os crentes a ter o poder, as qualidades e virtudes, que fariam deles fiéis embaixadores de Jesus Cristo (At 2:1-4 e 37-47; 1 Co 12:1-11; Gl 5:22-26).



 Fonte: Bíblia Vida Nova (com adaptações)



Restauração à Vida, 37:1-14

     A visão dum vale de ossos secos, 37:1-14






A Visão de um Vale de Ossos Secos











open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 37

1 The hand of the LORD was upon me, and carried me out in the spirit of the LORD, and set me down in the midst of the valley which was full of bones,
2 And caused me to pass by them round about: and, behold, there were very many in the open valley; and, lo, they were very dry.
3 And he said unto me, Son of man, can these bones live? And I answered, O Lord GOD, thou knowest.
4 Again he said unto me, Prophesy upon these bones, and say unto them, O ye dry bones, hear the word of the LORD.
5 Thus saith the Lord GOD unto these bones; Behold, I will cause breath to enter into you, and ye shall live:
6 And I will lay sinews upon you, and will bring up flesh upon you, and cover you with skin, and put breath in you, and ye shall live; and ye shall know that I am the LORD.
7 So I prophesied as I was commanded: and as I prophesied, there was a noise, and behold a shaking, and the bones came together, bone to his bone.
8 And when I beheld, lo, the sinews and the flesh came up upon them, and the skin covered them above: but there was no breath in them.
9 Then said he unto me, Prophesy unto the wind, prophesy, son of man, and say to the wind, Thus saith the Lord GOD; Come from the four winds, O breath, and breathe upon these slain, that they may live.
10 So I prophesied as he commanded me, and the breath came into them, and they lived, and stood up upon their feet, an exceeding great army. 


Ezequiel 37
1 Veio sobre mim a mão do SENHOR; e o SENHOR me levou em espírito, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos,
2 e me fez andar ao redor deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale e estavam sequíssimos.
3 E me disse: Filho do homem, poderão viver estes ossos? E eu disse: Senhor JEOVÁ, tu o sabes.
4 Então, me disse: Profetiza sobre estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do SENHOR.
5 Assim diz o Senhor JEOVÁ a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis.
6 E porei nervos sobre vós, e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o SENHOR.
7 Então, profetizei como se me deu ordem; e houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um reboliço, e os ossos se juntaram, cada osso ao seu osso.
8 E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito.
9 E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.
10 E profetizei como ele me deu ordem; então, o espírito entrou neles, e viveram e se puseram em pé, um exército grande em extremo. 





















37:9 N.Hom. Profetiza ao espírito. O objetivo do ato de profetizar é, invariavelmente fazer alguém escutar a palavra de Deus (4). “A fé vem pela pregação, e a pregação pela palavra de Cristo” (Rm 10:17). A palavra traduzida por “pregação” é “ouvir”, no original. Fazer alguém ouvir a palavra produz a fé que justifica para a vida eterna (Rm 5:1), e também põe o ouvinte em contato com o Espírito Santo, com Sua obra tríplice de inspirar as palavras da Bíblia, converter o homem a Cristo e santificar o convertido, inculcando-lhe no íntimo o pleno sentido da palavra.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 



Profecia contra Gogue, 38:1-13






Profecia contra Gogue
Ezequiel 38:1-13





open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 38
1 And the word of the LORD came unto me, saying,
2 Son of man, set thy face against Gog, the land of Magog, the chief prince of Meshech and Tubal, and prophesy against him,
3 And say, Thus saith the Lord GOD; Behold, I am against thee, O Gog, the chief prince of Meshech and Tubal:
4 And I will turn thee back, and put hooks into thy jaws, and I will bring thee forth, and all thine army, horses and horsemen, all of them clothed with all sorts of armour, even a great company with bucklers and shields, all of them handling swords:
5 Persia, Ethiopia, and Libya with them; all of them with shield and helmet:
6 Gomer, and all his bands; the house of Togarmah of the north quarters, and all his bands: and many people with thee. 



Ezequiel 38
1 Veio mais a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2 Filho do homem, dirige o rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal, e profetiza contra ele.
3 E dize: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal.
4 E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos bizarramente, congregação grande, com escudo e rodela, manejando todos a espada;
5 persas, etíopes e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete;
6 Gomer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, da banda do Norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo. 














Império Romano - (Roman Empire)

roman empire map photo: Roman Empire roman-empire.gif


I. GOGUE

1. Nome de um rubenita, 1 Cr 5.4.

2. Nome de um príncipe e chefe de Mosoque e de Tubal, Ez 38.2, profeticamente descrito, invadindo a terra de Israel nos últimos tempos e sendo desbaratado nas montanhas com grande mortandade, Ez caps. 38 e 39. Ele, com seu povo e com os seus aliados, simbolizam o paganismo, combatendo contra os filhos de Deus. O nome é tirado de Giges, chefe de uma família principesca da Lídia (http://asiaminorcoins.com/lydia.html) denominada Mermnadai. Fazia parte da guarda real e era pessoa confidencial do rei. Pelo ano 700 a.C. assassinou o seu soberano, rival da casa dos heráclidos e apoderou-se do trono da Lídia. Possuía grandes riquezas e fez valiosos donativos ao templo de Apolo em Delfos. Guerreou as cidades gregas da Ásia Menor. Heród. 1.7-14. Em anos avançados de sua idade, foi o país invadido pelos cimérios que derrotou, aprisionando vários de seus chefes. Receando novas incursões, enviou presentes a Assurbanipal, rei da Assíria. Por muito tempo não havia neste país quem entendesse a linguagem falada pelos embaixadores da Lídia. Afinal, apareceu um que os entendia e que serviu de intérprete. Conhecidas as pretensões de Giges, foram recebidos os seus presentes e aceita a sua amizade. Não demorou muito que o rei Giges deu auxílio ao Egito na revolta conta a Assíria. Em retaliação, o rei assírio acirrou os cimérios contra Giges que invadiram a Lídia, mataram o rei e deixaram a seus filho Ardis no trono.

3. Nome de um personagem místico, muito semelhante no caráter ao Gogue de Ezequiel, que devia aparecer imediatamente antes de terminar a presente dispensação, Ap 21.8-15.


Fonte: Dicionário da Bíblia John D. Davis


II. GOGUE (Ezequiel 38.14; 38:20)

Rei de Magogue, inimigo de Israel mencionado nas profecias de Ezequiel. As profecias dizem que Gogue e seu reino serão finalmente destruídos. Elas podem ser relacionadas às profecias contra Gogue e Magogue do livro de Apocalipse.

Fonte: Dicionário Bíblico Ilustrado para a Família


III. GOGUE – (Ez 38:1-6)

A identificação histórica do povo aqui descrito não é certa. Meseque e Tubal, são a Frígia e a Capadócia (*). Gogue é provavelmente o rei Giges, da Lídia http://asiaminorcoins.com/lydia.html  (que seria Magogue). Este reinou 660 anos antes de Cristo, e nunca invadiu a Israel nos termos aqui descritos. É provável, no entanto que seu nome e seu território sirvam para simbolizar as forças organizadas do paganismo, que ainda haveriam de surgir depois da destruição dos antigos vizinhos de Israel. De lá surgiam as hordas dos citas que tinham sua moradia ao redor do mar Negro. Mais tarde, 331 a.C., estes povos se incluíram às conquistas de Alexandre Magno, iniciando uma longa época de perseguição contra a  religião dos judeus, o que se descreve nas profecias de Daniel (Dn 11:2-45).


(*) OBS.:  As regiões da FRÍGIA, CAPADÓCIA, LÍDIA e outras da antiga ÁSIA MENOR, constituem, atualmente, o território da TURQUIA).


Fonte: Bíblia Vida Nova







Gogue invadirá Israel, 38:14-23

                A queda de Gogue, 39:1-16





Ezequiel, Cap. 39






Este capítulo dá ênfase à derrota das forças do mal mencionada em 38:18-22 e revelação da glória divina (38:16 e 23).



 Fonte: Bíblia Vida Nova 





O Grande Sacrifício do Senhor
Ezequiel 39:17-29




open bible photo:  5c78e43c.jpg

Ezekiel 39

28 Then shall they know that I am the LORD their God, which caused them to be led into captivity among the heathen: but I have gathered them unto their own land, and have left none of them any more there.
29 Neither will I hide my face any more from them: for I have poured out my spirit upon the house of Israel, saith the Lord GOD.


Ezequiel 39
28 Então, saberão que eu sou o SENHOR, seu Deus, vendo que eu os fiz ir em cativeiro entre as nações, e os tornei a ajuntar para voltarem à sua terra, e nenhum deles excluí. 
29 Nem esconderei mais a minha face deles, quando eu houver derramado o meu Espírito sobre a casa de Israel, diz o Senhor JEOVÁ.














39:28 Este versículo e o seguinte contém um resumo de boa parte das promessas de Deus registradas nos capítulos 36 até 39. A restauração total do Estado seguida pela plenitude do Espírito Santo, derramada em Jerusalém, no dia de Pentecoste, At 2:14-36. O capítulo anterior  já se encerra com o propósito de Deus em se revelar ao mundo, 38:23. O que se segue até o fim do livro não é tanto o conteúdo dos atos pastorais de Ezequiel entre o povo, mas, sim, uma constituição e ordem moral, espiritual e cerimonial, dada simbolicamente.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 



A Visão da Restauração, 40:1-48:35
A Visão do Templo: Templo do Povo  Restaurado, 40:1-42:20
              



A Visão do Templo Restaurado








open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 40

1 In the five and twentieth year of our captivity, in the beginning of the year, in the tenth day of the month, in the fourteenth year after that the city was smitten, in the selfsame day the hand of the LORD was upon me, and brought me thither.
2 In the visions of God brought he me into the land of Israel, and set me upon a very high mountain, by which was as the frame of a city on the south. 

Ezequiel 40
1 No ano vigésimo-quinto do nosso cativeiro, no princípio do ano, no décimo dia do mês, catorze anos depois que a cidade foi ferida, naquele mesmo dia, veio sobre mim a mão do SENHOR e me levou para lá.
2 Em visões de Deus, me levou à terra de Israel e me pôs sobre um monte muito alto; e havia sobre ele um como edifício de cidade para a banda do sul. 





Ezekiel 41

23 And the temple and the sanctuary had two doors.
24 And the doors had two leaves apiece, two turning leaves; two leaves for the one door, and two leaves for the other door.
25 And there were made on them, on the doors of the temple, cherubims and palm trees, like as were made upon the walls; and there were thick planks upon the face of the porch without.
26 And there were narrow windows and palm trees on the one side and on the other side, on the sides of the porch, and upon the side chambers of the house, and thick planks.


Ezequiel 41
23 E o templo e o santuário, ambos tinham duas portas.
24 E havia dois batentes para as portas, dois batentes volantes; dois para uma porta, e dois batentes para a outra.
25 E foram feitos nelas, nas portas do templo, querubins e palmeiras, como estavam feitos nas paredes, e havia uma trave grossa de madeira na dianteira do vestíbulo por fora.
26 E havia janelas estreitas e palmeiras, de uma e de outra banda nos lados do vestíbulo, como também nas câmaras do templo e nas grossas traves.













40:2 Em visões. Esta visão é tríplice. A primeira parte revela o Templo ideal, cap 40-42, no qual as aspirações espirituais do povo de Deus se simbolizam pela arquitetura. A segunda parte do Culto ideal, cap 43-46, no qual participam a glória de Deus, o ministério dos sacerdotes, a contribuição do povo, e os ritos presididos pelo sumo sacerdote e pelo príncipe. A terceira parte revela a Nação ideal, cap 47-48, que tanto física como espiritualmente tem sua vida ao redor do culto no templo, de onde extrai sua alimentação, seu refrigério e sua inspiração.


41:23-26 Palmeiras. N.Hom. Estas árvores sobrepujam as demais, pela longevidade, utilidade, altura, retidão, beleza, primando pelo seu poder de tirar alimento do deserto árido, e de alimentar em seu turno os viajantes e esgotados. É por isso que os dois enfeites tolerados no templo eram estes: os querubins que são a revelação da glória divina e as palmeiras que simbolizam o ser humano religioso, crescendo na luz da glória divina (2 Co 3:18), com raízes alimentadas pela palavra de Deus (Sl 1:1-3), produzindo seu fruto pela comunhão com o Senhor Jesus (Jo 15:1-11).




 Fonte: Bíblia Vida Nova 



A Glória do SENHOR entra no Templo, 43:1-12



A Glória do Senhor encheu o Templo







open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 43

1 Afterward he brought me to the gate, even the gate that looketh toward the east:
2 And, behold, the glory of the God of Israel came from the way of the east: and his voice was like a noise of many waters: and the earth shined with his glory.
3 And it was according to the appearance of the vision which I saw, even according to the vision that I saw when I came to destroy the city: and the visions were like the vision that I saw by the river Chebar; and I fell upon my face.
4 And the glory of the LORD came into the house by the way of the gate whose prospect is toward the east.
5 So the spirit took me up, and brought me into the inner court; and, behold, the glory of the LORD filled the house. 


Ezequiel 43
1 Então, me levou à porta, à porta que olha para o caminho do oriente.
2 E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória.
3 E o aspecto da visão que vi era como o da visão que eu tinha visto quando vim destruir a cidade; e eram as visões como a que vi junto ao rio Quebar; e caí sobre o meu rosto.
4 E a glória do SENHOR entrou no templo pelo caminho da porta cuja face está para o lado do oriente.
5 E levantou-me o Espírito e me levou ao átrio interior; e eis que a glória do SENHOR encheu o templo. 












A Glória do Senhor

Free Bible illustrations at Free Bible images of Moses and the Burning Bush. (Exodus 3 - 4): Slide 4


43:5 N.Hom. A glória do Senhor enchia o templo. Assim aconteceu quando templo de Salomão foi consagrado (1 Rs 8:10-11); a mesma glória tinha acompanhado o tabernáculo que Moisés levantou no deserto (Êx 40:34-38). Antes de existir santuário algum, esta glória já apareceu numa sarça no deserto, na hora em que Deus chamou seu profeta Moisés para libertar o povo de Israel e fazer dele um povo particularmente Seu (Êx 3:1-4:17). Esta glória se revela a cada crente em Cristo (Cl 1:16-27) através do Espírito Santo.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




Adoração do Povo Restaurado, 43:13-46:24





Reformas no ministério do santuário
Ezequiel 44:1-14





open bible photo:  5c78e43c.jpg


Ezekiel 47

5 And the LORD said unto me, Son of man, mark well, and behold with thine eyes, and hear with thine ears all that I say unto thee concerning all the ordinances of the house of the LORD, and all the laws thereof; and mark well the entering in of the house, with every going forth of the sanctuary.
6 And thou shalt say to the rebellious, even to the house of Israel, Thus saith the Lord GOD; O ye house of Israel, let it suffice you of all your abominations,
7 In that ye have brought into my sanctuary strangers, uncircumcised in heart, and uncircumcised in flesh, to be in my sanctuary, to pollute it, even my house, when ye offer my bread, the fat and the blood, and they have broken my covenant because of all your abominations.
8 And ye have not kept the charge of mine holy things: but ye have set keepers of my charge in my sanctuary for yourselves.
9 Thus saith the Lord GOD; No stranger, uncircumcised in heart, nor uncircumcised in flesh, shall enter into my sanctuary, of any stranger that is among the children of Israel.
10 And the Levites that are gone away far from me, when Israel went astray, which went astray away from me after their idols; they shall even bear their iniquity.
11 Yet they shall be ministers in my sanctuary, having charge at the gates of the house, and ministering to the house: they shall slay the burnt offering and the sacrifice for the people, and they shall stand before them to minister unto them.
12 Because they ministered unto them before their idols, and caused the house of Israel to fall into iniquity; therefore have I lifted up mine hand against them, saith the Lord GOD, and they shall bear their iniquity. 


Ezequiel 44
5 E disse-me o SENHOR: Filho do homem, pondera no teu coração, e vê com os teus olhos, e ouve com os teus ouvidos tudo quanto eu te disser de todos os estatutos da Casa do SENHOR e de todas as suas leis; e considera no teu coração a entrada da casa, com todas as saídas do santuário.
6 E dize aos rebeldes, à casa de Israel: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Bastem-vos todas as vossas abominações, ó casa de Israel!
7 Porquanto chamastes estranhos, incircuncisos de coração e incircuncisos de carne, para estarem no meu santuário, para o profanarem em minha casa, quando oferecereis o meu pão, a gordura e o sangue; e eles invalidaram o meu concerto, por causa de todas as vossas abominações.
8 E não guardastes a ordenança das minhas coisas sagradas; antes, vos constituístes a vós mesmos guardas da minha ordenança no meu santuário.
9 Assim diz o Senhor JEOVÁ: Nenhum estranho, incircunciso de coração ou incircunciso de carne, entrará no meu santuário, dentre os estranhos que se acharem no meio dos filhos de Israel.
10 Mas os levitas que se apartaram para longe de mim, quando Israel andava errado, que andavam transviados, desviados de mim, para irem atrás dos seus ídolos, bem levarão sobre si a sua iniquidade.
11 Contudo, serão ministros do meu santuário, nos cargos das portas da casa, e servirão à casa; eles degolarão o holocausto e o sacrifício para o povo e estarão perante ele, para lhe servir.
12 Porque lhes ministraram diante dos seus ídolos, e serviram à casa de Israel de tropeço de maldade; por isso, eu levantei a mão sobre eles, diz o Senhor JEOVÁ, e eles levarão sobre si a sua iniquidade. 









44:5 O segredo do templo é que define cabalmente quem pertence ao povo de Deus, e quem com o Senhor não pode ter comunhão. Exige-se a conversão do íntimo (7) e um vida de acordo com a Palavra de Deus (8). A idolatria é o pecado que exclui a pessoa do templo (12).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 




Águas Vivas e a Prometida Terra da Herança, 47:1-48:35













open bible photo:  5c78e43c.jpg



Ezekiel 47:1 Afterward he brought me again unto the door of the house; and, behold, waters issued out from under the threshold of the house eastward: for the forefront of the house stood toward the east, and the waters came down from under from the right side of the house, at the south side of the altar. 


Ezekiel 47:5 Afterward he measured a thousand; and it was a river that I could not pass over: for the waters were risen, waters to swim in, a river that could not be passed over. 



Ezequiel 47:1 Depois disso, me fez voltar à entrada da casa, e eis que saíam umas águas de debaixo do umbral da casa, para o oriente; porque a face da casa olhava para o oriente, e as águas vinham de baixo, desde a banda direita da casa, da banda do sul do altar. 


Ezequiel 47:5 E mediu mais mil e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar. 

















47:1 Águas. A descrição destas águas purificadoras, a água da vida, nos dá a impressão que a visão se refere ao templo espiritual, eterno nos céus, onde Cristo é adorado perpetuamente por seus crentes remidos, no novo céu e na nova terra, na cidade santa da Jerusalém celestial (Ap 21:1-22:5)




47:5 Um rio. N. Hom. Dentro de dois quilômetros as águas se tornaram em rio profundo; declara-se que se dirige para o mar Morto (cf Zc 14:8,10). Até que ponto esta passagem deve ser interpretada literalmente não fica muito claro. Há uma estreita relação entre o corpo e o espírito; entre o espiritual e o material. O templo consagrado, cheio da glória de Deus, servido por sacerdotes santificados, há de ser uma bênção sem par para  a nação inteira, sarando todos os males espirituais, sociais, corporais e territoriais. É justamente isto que o rio está fazendo, alimentando, curando, fertilizando, embelezando (7-12). Pode ser comparado com o sangue de Jesus, derramado na cruz, que fez surgir de Jerusalém uma fonte de bênçãos. Pela pregação inspirada dos Seus discípulos, cresceu vultosamente, a cada passo (Jo 12:32; At 1:8; Rm 15:19,23).


 Fonte: Bíblia Vida Nova 








Presença Divina


open bible photo:  5c78e43c.jpg




Ezekiel 48:35b “... and the name of the city from that day shall be, The LORD is there.”

Ezequiel 48:35b“... e o nome da cidade desde aquele dia será: O SENHOR Está Ali.”










48:35 N. Hom. O Senhor está ali. A história do Êxodo se encerra com a promessa da presença real de Deus ao lado dos Seus fiéis, (Êx 40:38). O evangelho encerra-se com a vocação missionária acompanhada pela promessa da presença real de Jesus (Mt 28:18-20). A visão da história da Igreja e do mundo até a consumação final encerra-se com a promessa da Segunda Vinda de Cristo (Ap 22:21). A profecia de Ezequiel, cheia de preceitos e promessas, contendo a chave da história dos impérios da época, e apontando para a santificação total do povo de Deus, tem, como soma total das suas visões, a promessa da comunhão dos crentes com Deus.


 Fonte: Bíblia Vida Nova 






ANÁLISE


O Livro de Ezequiel registra a atividade de um profeta durante o exílio da Babilônia. Sua mensagem foi dirigida aos seus companheiros de exílio, e igualmente ao povo hebreu que ainda se encontrava na Palestina.  Ambos os grupos permaneciam obstinados e impenitentes, mesmo após a captura de Jerusalém pelo rei babilônico Nabucodonosor, e o exílio de Joaquim, rei de Judá, juntamente com um grande segmento da população, em 597 a.C. Por conseguinte, Deus de a Ezequiel a tarefa de denunciar a rebelde casa de Israel e de predizer a destruição de Jerusalém e a deportação de um número ainda maior de seus habitantes. Seis anos após o início da pregação de Ezequiel, suas palavras foram cumpridas. Em 586 a.C., Nabucodonosor destruiu Jerusalém e trouxe todos os sobreviventes, com poucas exceções, para a Babilônia. Mas a infidelidade de Israel não exauriu a misericórdia de Deus. Ezequiel também foi orientado para proclamar as boas novas de que o exílio terminaria, e que Israel seria restaurada à sua posição como o instrumento da salvação de Deus para todos os homens.
A maneira pela qual o livro de Ezequiel apresenta essa mensagem de julgamento e promessa, distingue-o de outros livros proféticos do Antigo Testamento. Sua característica sem igual é o arranjo sistemático do seu conteúdo. Os primeiros vinte e quatro capítulos estabelecem a convocação e a condenação de Israel com aterrorizante coerência. Essa expectativa de condenação, suavizada apenas por raios incidentais de luz, é contrabalançada na última seção (caps. 33 a 48) por um quadro igualmente coerente que apresenta o brilhante futuro que Deus reserva para o Seu povo. Dividindo esses blocos sólidos de ameaça e promessa a Israel, há uma série de discursos dirigidos a nações estrangeiras, que tem um duplo aspecto: pronuncia condenação contra os ímpios vizinhos de Israel, mas a destruição dos inimigos de Israel também constitui uma certeza que não serão capazes de impedir o cumprimento da promessa de Deus, de redimir e restaurar Seu povo escolhido.
Outra característica sem paralelo do livro de Ezequiel é a forma em que são expressadas tanto a ameaça como a promessa. O livro está repleto de visões misteriosas, alegorias ousadas, e ações simbólicas estranhas. Esses meios da revelação de Deus ocorrem, aqui, mais frequentemente do que em qualquer outro livro profético, e são apresentados com uma elaboração, igualmente incomum, de  detalhe descritivo. As visões, em particular, são bizarras, quase grotescas quanto à forma, e, por conseguinte, são de difícil interpretação.

Porém, o significado básico do livro de Ezequiel não escapará ao leitor, se este mantiver em mente que a glória de Deus e Seus grandes atos de juízo e salvação são retratados em linguagem e forma simbólicas. O que Ezequiel vê em visões, descreve em alegorias, e age de maneira que faz lembrar charadas, tudo tendo em vista contribuir para a certeza de que Deus está pondo em vigor o Seu plano de salvação para todos os homens, iniciado quando entrou em aliança com Israel, séculos antes. Purificada pelo julgamento de Deus no exílio babilônico, Israel novamente tornar-se-á possuidora das promessas que serão cumpridas no Novo Pacto e até o fim do tempo. Tudo isso Ezequiel contempla em uma perspectiva profética onde aparecem cenas do futuro próximo e distante, que algumas vezes se justapõem sobre o mesmo quadro sobre a vinda e a permanência do Reino de Deus.



AUTOR



O Livro de Ezequiel registra a atividade de um profeta durante o exílio da Babilônia. Sua mensagem foi dirigida aos seus companheiros de exílio, e igualmente ao povo hebreu que ainda se encontrava na Palestina.  Ambos os grupos permaneciam obstinados e impenitentes, mesmo após a captura de Jerusalém pelo rei babilônico Nabucodonosor, e o exílio de Joaquim, rei de Judá, juntamente com um grande segmento da população, em 597 a.C. Por conseguinte, Deus de a Ezequiel a tarefa de denunciar a rebelde casa de Israel e de predizer a destruição de Jerusalém e a deportação de um número ainda maior de seus habitantes. Seis anos após o início da pregação de Ezequiel, suas palavras foram cumpridas. Em 586 a.C., Nabucodonosor destruiu Jerusalém e trouxe todos os sobreviventes, com poucas exceções, para a Babilônia. Mas a infidelidade de Israel não exauriu a misericórdia de Deus. Ezequiel também foi orientado para proclamar as boas novas de que o exílio terminaria, e que Israel seria restaurada à sua posição como o instrumento da salvação de Deus para todos os homens.
A maneira pela qual o livro de Ezequiel apresenta essa mensagem de julgamento e promessa, distingue-o de outros livros proféticos do Antigo Testamento. Sua característica sem igual é o arranjo sistemático do seu conteúdo. Os primeiros vinte e quatro capítulos estabelecem a convocação e a condenação de Israel com aterrorizante coerência. Essa expectativa de condenação, suavizada apenas por raios incidentais de luz, é contrabalançada na última seção (caps. 33 a 48) por um quadro igualmente coerente que apresenta o brilhante futuro que Deus reserva para o Seu povo. Dividindo esses blocos sólidos de ameaça e promessa a Israel, há uma série de discursos dirigidos a nações estrangeiras, que tem um duplo aspecto: pronuncia condenação contra os ímpios vizinhos de Israel, mas a destruição dos inimigos de Israel também constitui uma certeza que não serão capazes de impedir o cumprimento da promessa de Deus, de redimir e restaurar Seu povo escolhido.
Outra característica sem paralelo do livro de Ezequiel é a forma em que são expressadas tanto a ameaça como a promessa. O livro está repleto de visões misteriosas, alegorias ousadas, e ações simbólicas estranhas. Esses meios da revelação de Deus ocorrem, aqui, mais frequentemente do que em qualquer outro livro profético, e são apresentados com uma elaboração, igualmente incomum, de  detalhe descritivo. As visões, em particular, são bizarras, quase grotescas quanto à forma, e, por conseguinte, são de difícil interpretação.

Porém, o significado básico do livro de Ezequiel não escapará ao leitor, se este mantiver em mente que a glória de Deus e Seus grandes atos de juízo e salvação são retratados em linguagem e forma simbólicas. O que Ezequiel vê em visões, descreve em alegorias, e age de maneira que faz lembrar charadas, tudo tendo em vista contribuir para a certeza de que Deus está pondo em vigor o Seu plano de salvação para todos os homens, iniciado quando entrou em aliança com Israel, séculos antes. Purificada pelo julgamento de Deus no exílio babilônico, Israel novamente tornar-se-á possuidora das promessas que serão cumpridas no Novo Pacto e até o fim do tempo. Tudo isso Ezequiel contempla em uma perspectiva profética onde aparecem cenas do futuro próximo e distante, que algumas vezes se justapõem sobre o mesmo quadro sobre a vinda e a permanência do Reino de Deus.









(*) Fonte dos Comentários: Bíblia Vida Nova
1. Fonte dos Esboços, Análises dos Livros e Autores  
a. Bíblia Vida Nova - Editor Responsável: Russel P. Shedd
b. Fonte de alguns subtítulos: Bíblia João Ferreira de Almeida [JFA] 

        2. Fonte das Notas Homiléticas (N. Hom.)
a. Bíblia Vida Nova - Editor Responsável: Russel P. Shedd





EZEKIEL




Notes on
Ezekiel
2014 Edition
Dr. Thomas L. Constable


Thomas L. Constable

Dr. Thomas L. Constable
Senior Professor Emeritus of Bible Exposition
Adjunct Professor in Bible Exposition


OUTLINE



I. Ezekiel's calling and commission chs. 1—3

A. The vision of God's glory ch. 1

1. The setting of the vision 1:1-3
2. The vision proper 1:4-28

B. The Lord's charge to Ezekiel chs. 2—3

1. The recipients of Ezekiel's ministry 2:1-5
2. The encouragement in Ezekiel's ministry 2:6-7
3. The nature of Ezekiel's ministry 2:8—3:11
4. The conclusion of the vision 3:12-15
5. Ezekiel's role in Israel 3:16-21
6. Ezekiel's muteness 3:22-27

II. Oracles of judgment on Judah and Jerusalem for sin chs. 4—24

A. Ezekiel's initial warnings chs. 4—7
1. Dramatizations of the siege of Jerusalem chs. 4—5
2. The judgment coming on Judah chs. 6—7

B. The vision of the departure of Yahweh's glory chs. 8—11

1. The idolatry of the house of Israel ch. 8
2. The coming slaughter of the wicked Jerusalemites ch. 9
3. The departure of God's glory from the temple ch. 10
4. The condemnation of Jerusalem's leaders ch. 11

C. Yahweh's reply to the invalid hopes of the Israelites chs. 12—19

1. The dramatic tragedy of exile 12:1-20
2. The present judgment as evidence of divine faithfulness 12:21-28
3. The condemnation of contemporary false prophets ch. 13
4. The effect of false prophets on Israel's leaders 14:1-11
5. The need of personal righteousness for deliverance 14:12-23
6. The unprofitable vine of Jerusalem ch. 15
7. Jerusalem's history as a prostitute ch. 16
8. The riddle and parable of the two eagles ch. 17
9. The importance of individual righteousness ch. 18
10. A lament for the kings of Israel ch. 19

D. Israel's defective leadership chs. 20—23

1. The history of Israel's rebellion and Yahweh's grace 20:1-44
2. Judgment on Judah's contemporary leaders 20:45—21:32
3. The idolatrous rulers of Judah ch. 22
4. The parable of the two sisters ch. 23

E. The execution of Jerusalem's judgment ch. 24

1. The parable of the cooking pot 24:1-14
2. Signs to the exiles 24:15-27

III. Oracles against foreign nations chs. 25—32

A. Oracles against Judah's closest neighbors ch. 25

1. Judgment on Ammon 25:1-7
2. Judgment on Moab 25:8-11
3. Judgment on Edom 25:12-14
4. Judgment on Philistia 25:15-17

B. Judgment on Tyre 26:1—28:19

1. Judgment by Babylonia and other enemies ch. 26
2. A funeral dirge over Tyre ch. 27
3. A judgment speech against the ruler of Tyre 28:1-10
4. A funeral dirge for the king of Tyre 28:11-19

C. Judgment on Sidon 28:20-24

D. Israel's restoration from the nations 28:25-26

E. Judgment on Egypt chs. 29—32

1. An introductory prophecy of judgment on Egypt 29:1-16
2. The consummation of Egypt's judgment 29:17-21
3. The destruction of Egypt and her allies 30:1-19
4. Pharaoh's broken arms 30:20-26
5. Egypt's fall compared to Assyria's fall ch. 31
6. A funeral dirge for Egypt 32:1-16
7. A summary lament over Egypt 32:17-32

IV. Future blessings for Israel chs. 33—48

A. A warning to the exiles 33:1-20

1. An exhortation to heed the watchman 33:1-9
2. An exhortation to turn from evil 33:10-20

B. Restoration to the Promised Land 33:21—39:29

1. Israel and the Promised Land 33:21-33
2. False and true shepherds ch. 34
3. Preparation of the Promised Land 35:1—36:15
4. Restoration to the Promised Land 36:16—37:14
5. Reunification in the Promised Land 37:15-28
6. Future invasion of the Promised Land chs. 38—39

C. Ezekiel's vision of the return of God's glory chs. 40—48

1. The setting of the vision of the return of God's glory 40:1-4
2. The millennial temple 40:5—42:20
3. The return of God's glory to the temple 43:1-12
4. Temple ordinances 43:13—46:24
5. Topographical aspects of the Millennium chs. 47—48









google translate photo: Google Translate GoogleTranslate.png 












BIBLE ATLAS

(Atlas Bíblico)





















ISBE Main Index:

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z


The ISBE is part of  SwordSearcher Bible Software.










 

Photobucket.png

  

Free Bible images


wikipedia photo: wikipedia logo wikipedia-logo.jpg

BiblesNet.com

Royalty Free Stock Photography Community


Download & Purchase
Pictures used with permission from 


 Expedia.com.au


Renewed Strength

CLIPARTBEST.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário